26 de dezembro de 2007

After Christmas

Ora aí está mais um Natal passado. Tenho a comunicar que, efectivamente, o Pai Natal existe. Só não tem barbas brancas. Nem uma barriga enorme. Nem anda de trenó puxado por renas. Nem é assim tão velho. Mas... lê o meu blog. O meu Pai Natal é moreno, usa barba, é assim a puxar para o magrito, anda na casa dos vinte e picos e conduz um Opel. Pronto, e ofereceu-me o CD do Ben Harper.

A minha família quer porque quer (à força) que eu engorde... só este Natal recebi 4 caixas de bombons. Querem adoçar-me a boca, aqueles malandros.

Mas este Natal teve um sabor diferente. O meu irmão não esteve em casa. O sacana pegou nele e pôs-se num avião para França passar o Natal com a namorada e a família dela. O meu primeiro Natal sem o meu irmão. Fica marcado! Pelo menos eu fiquei marcada. Falar com ele via-MSN antes da Consoada não substitui a presença daquele puto.

Fiquei marcada por outra coisa: o meu primo mais velho. Imaginem aquele primo com quem andam sempre à disputa. Aquele que vos chateia a cabeça desde que eram miúdos. Aquele que vos estragava os brinquedos e fugia de vocês para não brincarem juntos. Esse mesmo. Estivemos em sintonia, em casa da avó... por meia-hora, voltámos a ser miúdos de 5,6 e 7 anos. Os mesmos miúdos que se deitavam na rua, na noite de Natal, porque alguém dizia sempre "O Menino Jesus deve estar quase a chegar. Vão ver se o vêem!" E lá íamos... crentes que o Menino Jesus chegava mesmo (as modernices do Pai Natal-Coca-Cola ainda não tinham chegado às nossas casas)!! Fomos miúdos. Novas picardias... e o beijinho da reconciliação de Natal.

As prendas? O que interessam as prendas, quando aos 24 anos voltei a ter 5, mesmo que por meia-hora?

18 de dezembro de 2007

Assim a modos que... no Natal, é tudo belo e maravilhoso

Estava a atrasar-me no desejo de Natal a todos (e todas) aqueles (e aquelas) que diariamente visitam o meu bloguinho. É nesta época do ano que as pessoas andam mais generosas, mas importadas com o que se passa fora dos seus quintais. Na eventualidade de não voltar a postar nada até dia 25, desejo a todos, sem excepção - amigos, familiares, amigos virtuais e comentadores, ou apenas visitantes de passagem - um Feliz Natal, cheio de todas aquelas coisas boas e bonitas que se desejam nesta data. Sede felizes!!


(para que vejam o quão atenciosa sou: ninguém foi esquecido!!)

15 de dezembro de 2007

Se ele diz... a malta acredita!

Pronto... é melhor providenciar uma bacia para apanhar toda a baba. O senhor Dom Horas ofereceu-me um prémio. Parece que "Diz que até não é um mau blog!". Obrigadão, amigo.


Segundo reza a lenda, tenho de nomear mais sete blogs que considero não serem mauzitos de todo. Mas quem é que inventou estas regras?! É óbvio que os blogs que visito não são maus... são óptimos... fantásticos!! Entonces... aqui vamos:

* Sadeek - o homem do "obral" que não é assim tão piroso, mas que tem o defeito de ser "lagarto" (brincadeirinha, gajo, brincadeirinha!)

* Christina - a mulher dos blogs mais "VIP's", mais "Gossips", mais fresh-air que alguma vez li... és linda!!

* Fénix - porque à semelhança da sua cara-metade traz à baila temas que me deixam escandalizada (as personagens Disney foram processadas???!!! Damn!)

* Sinemas - porque é um artista, porque é um gajo empreendedor, porque é jovem, porque sim...

* Alexandre - o meu mais antigo comentador, apesar de andar meio ausente, não me esqueço nunca dele.

* Dani - das 27 páginas que me encantaram, mas que agora são 28 e que continuam a encantar. E porque é uma giraça. Acho que ela já recebeu este prémio, mas não podia faltar na minha lista.

* Katchume - é um admirador dos Gato Fedorento, musas inspiradoras do nome deste prémio. E é meu amigo.

Tentei nomear blogs (e respectivos proprietários) que ainda não tinha nomeado em ocasião alguma. São estas pessoas que fazem o mundo Blogger valer a pena.

13 de dezembro de 2007

Primeiro passo para a loucura total e absoluta

Conversa de mim para mim:
- Eiiii, Cris... viste aquelas duas notas de 100 euros a voar, rumo ao infinito?
- Sim... vi! O que têm?!
- É o dinheiro que te deviam... agora nunca mais o vês!!

11 de dezembro de 2007

Um pedido simples

E porque a Marta pediu...

10 de dezembro de 2007

Recados #2

Reparei que nas últimas 100 visitas ao meu blog, muitas delas vêm através de pesquisas no Google e outros motores de pesquisa. Nada contra... a sério que não! Venham mais pessoas, porque eu ganho umas comissões valentes. O que me deixa estupefacta é a quantidade de buscas - eu não queria dizer, mas... vá... - parvas que a população deste mundo faz. Como não quero que as visitas se revelem infrutíferas, aqui vai...

Ao (à) senhor(a) que procurou “Manuel cubano cuba blog”: vá experimentando as diversas terminações. Compreendo que seja como procurar uma agulha num palheiro, mas nunca se sabe quando pode acertar. Boa sorte na sua busca!

Ao (à) senhor(a) ou jovem que procurou “solange cc nua”: hummm... bemmm... eu não queria... pahh... como é que vou dizer isto?! A Solange do CC... ela não aparece nua aqui no meu blogue. Palavra que não. Agora tens de reconhecer que o que andas a procurar na net é uma badalhoquice pegada!

Ao (à) senhor(a) que procurou “quem morre no ultimo harry potter”: eu sei, mas não digo! Acusem-me do que quiserem, mas não digo!

Ao (à) senhor(a) que procurou “hi5 gaijos”: se calhar, o melhor que tem a fazer é abrir uma conta no Hi5 e na opção “Pesquisar” que se encontra no topo na página, do lado direito, há várias opções de busca, nomeadamente por sexo. Experimente!

Ao (à) senhor(a) que procurou “COMO SE FAX PARA OUTRAS PESSOAS NAO VERES O MEU HI5”: escrever melhor é o primeiro passo para uma boa navegação na Internet. A Língua Portuguesa é uma óptima ferramenta de trabalho. Quanto a esta busca... pahhh... o Hi5 tem, agora, diversas opções quanto à privacidade. É só escolher.

Ao (à) senhor(a) que procurou “como fazer a minha conta no hi5”: abrir o Hi5 costuma ser a melhor opção. O tempo que foi gasto a fazer esta busca, mais depressa ia ao site oficial.

Ao (à) senhor(a) que procurou “homenagem ao nome Cristina”: só tenho a dizer um “Muito Obrigada”. Posso arranjar um textinho com a origem do nome “Cristina”. Contacte-me para o e-mail.

Ao (à) senhor(a) que procurou “numero de telemovel de Rudy youngblood”: se arranjar, oriente aqui à malta. Mas duvido que o menino Rudy Youngblood tenha o número de telemóvel disponível a qualquer tarado. Estava aqui a lembrar-me: posso tentar arranjar o número do Rudy da Maceira. Serve?!

Ao (à) senhor(a) que procurou "pesquisar fotos da atriz Kate Beckinsale": basta escrever “Kate Beckinsale” no Google e clicar em “Imagens”. Fácil, não é?

Ao (à) senhor(a) que procurou “natal no hospital”: ainda não saiu a grelha da RTP para as próximas semanas, mas deve estar quase quase a ser transmitido esse mítico programa de Natal.

Ao (à) senhor(a) que procurou “Quarta do Pai Natal”: isso é alguma daquelas promoções manhosas dos hipermercados?!

Ao (à) senhor(a) que procurou “perguntas do livro O fantasma da ópera”: honestamente, nesta não posso ajudar. Vi o filme, mas quanto a livro, desconheço por completo. Lamento!

Ao (à) senhor(a) que procurou “7 mais 7 são 14”: certo!!

Ao (à) senhor(a) que procurou "natal namorado": o que pretendia, exactamente? Uma prendusca para a sua cara-metade?

Ao (à) senhor(a) que procurou “apresentações em powerpoint sobre o pai natal”: que falta de originalidade, meu Deus!! E que tal fazer uma espécie de atelier de trabalhos manuais e desenhar coisas fofinhas de Natal? Ideias para esta época do ano não me faltam.

Ao (à) senhor(a) que procurou “vibratone”: eu não sei. Ouvi falar disso a primeira vez em Setembro. Pergunte nalguma "sex-shop"... e queria só elucidar os meus visitantes mais sérios que nem sequer fui eu que falei no Vibratone, como poderão ver aqui.

8 de dezembro de 2007

E só porque tenho o meu direito de resposta...

Este post surge um pouco na sequência de um post do Miguel no Mundo da Verdade (podem ver aqui). Como não queria tirar tempo de antena ao Miguel no seu próprio blog, decidi defender os escuteiros aqui, no meu espaço público, e onde toda a gente sabe que fui escuteira durante 10 anos... aliás, tecnicamente, ainda sou - só depois de Fevereiro é que deixo de ter o seguro pago.

Começar por onde? Durante 14 anos não fui escuteira e não me fazia falta. Fui escuteira 10 anos e já começa a fazer mossa. Gostava de esclarecer que os escuteiros não são aqueles grupos de malta de sabe fazer uns nós XPTO, ajuda velhinhas a atravessar a passadeira, nem andam a vender bolachinhas porta-à-porta. Também não têm necessariamente que estar ligados a uma religião. O Escutismo está um bocadinho além desses clichés.

O Escutismo, posso afirmar, é um modo de vida. Não é à toa que todos os escutas conhecem a expressão "uma vez escuteiro, sempre escuteiro!". O Escutismo é "o conseguir chegar mais longe a cada dia que passa, ultrapassando por vezes, as capacidades que julgávamos ser o nosso limite" como um dia escreveu a minha querida Chefe Graça num jornal. Nesse mesmo jornal, eu escrevi "quem não é escuteiro não entende o arrepio que sentimos sempre que vemos, a serem agitados no ar, milhares de lenços escutistas, criando um mar de cores."

O Escutismo proporciona momentos únicos e inesquecíveis. Momentos de pura amizade. Só eu sei que nunca vou esquecer a minha primeira praxe. Nunca vou esquecer quando, numa actividade, magoei o pé e o Pinto levou-me às costas durante quase 10km, enquanto que o Fred levava a minha mochila. Nunca vou esquecer a noite em que a Chefe Albertina nos pregou uma descompustura, porque apanhou os rapazes na tenda das raparigas, nem aquele acampamento em que o Cami esteve toda a noite a tocar os primeiros acordes do "Come as you are" dos Nirvana, porque simplesmente não sabia tocar o resto. Não vou esquecer o dia em que fiz a minha Promessa de Pioneira... e a de Caminheira... e muito menos a de Dirigente, especialmente esta última, porque foi no dia em que vi o meu Chefe de Agrupamento e a Chefe Albertina a chorarem e a pararem o discurso por estarem demasiado emocionados. Nem esqueço o momento da Partida, quando, eu e 4 mânfios, fomos para Drave, a meio da madrugada, e nos despedimos do Caminheirismo, porque "estava na hora" de crescermos para uma nova etapa. Nunca vou esquecer o entusiasmo dos meus miúdos quando subiram ao pódio numa actividade regional. Podia estar aqui o resto do dia, enumerar mil recordações e continuar-me-ia a falta espaço.

Não quero dizer que o Escutismo é a única associação capaz de o fazer. Não somos melhores nem piores do que os outros: somos diferentes! Pronto... e era isto!

6 de dezembro de 2007

Carta aberta ao Pai Natal... terceiro episódio!

Querido Pai Natal...

Queria só avisar que meti os rancores de lado, e quando estava a fazer a árvore de Natal - coisa que já não se fazia nesta casa desde... hummm... há bué! - meti naqueles raminhos de plástico - somos a favor da ecologia - dois bonequinhos teus. Atenta bem: DOIS!!! Two... deux... zwei... dos... due. Podemos voltar a ser amigos como antes? Já reconheci, publicamente, as minhas falhas durante o ano e tu... manténs-te calado! Vou interpretar o teu silêncio como um "sim".

Pois bem, posto isto, vou ao assunto que realmente importa: as minhas prendas. Vou recapitular: CD do Ben Harper e evitar hospitais públicos, nos próximos... 150 anos. Razoável, não? Agora, queria pedir-te mais uma coisinha... que nem sequer é para mim. Ó pra mim aqui tão generosa... podias, na noite de Natal, entenda-se, deixar uma bomba-relógio na residência daquela-pessoa-que-nós-sabemos (referência ao post anterior)?!

Quando tiveres uma resposta a dar-me estou disponível pelo telemóvel a qualquer hora... muito agradecida desde já.

Um beijinho da tua sempre (mas às vezes, amuada) amiga
Cristina

5 de dezembro de 2007

Não há condições

Há pessoas neste país que não têm perfil para serem empregados, quanto mais patrões. Há tais injustiças que só me apetece berrar umas quantas asneiras! Como diria o outro: Foda-se (mas só em pensamento). Conseguiram-me pôr nauseada o dia todo.


(ahhhh... não estou a falar do meu patrão!)

4 de dezembro de 2007

Quem se lembra? I do... I do!

Estamos na época de Natal... aqui em casa já se respira Natal por todos os cantos: já há uma árvore (artificial, of course) enfeitada por mim, já estão colocadas, por mim, as belas fitinhas, a limpeza, feita por mim, já teve início... enfim... um mar de espiríto natalício! Então lembrei-me do meu "Estrelices" coitadinho ainda sem qualquer enfeite de Natal...

Por isso, aqui vai o meu desejo de Natal para todos vós! FELIZ NATAL!!



Giro, hein?? Quem se lembrava?! Peço-vos que vejam também este link... (clicar aqui) e descubram as diferenças... o mais rápido a acertar receberá uma prendinha, que ainda não defini qual vai ser, mas que vai ser um espectáculllloooo...

3 de dezembro de 2007

Tudo menos convencional...

Vinicio Capossela quase não se senta. Vinicio Capossela canta, interpreta, ri, faz rir...

Não consigo exprimir o que senti (e ainda sinto) ao ver (e agora relembrar) o espectáculo de Capossela. Todos foram convidados a participar no espectáculo: palmas, estalar de dedos, risos... tudo faz parte!

O interesse de Capossela pelo seu público chegou ao cúmulo de estarem projectadas, por trás da banda que o acompanha (soberba banda), as letras das canções... traduzidas! Vinicio Capossela importa-se. Vinicio Capossela insiste em aprender algumas palavras na língua do seu público.

Capossela foi rei e senhor do palco. Capossela foi um Marajá, um Minotauro e uma Medusa. Um Marinheiro a naufragar. Ele não se limitou a cantar aquilo que escreveu. Representou. Foi um espectáculo "2 em 1" de música e teatro.

E as músicas? As músicas pertencem à categoria de "músicas do mundo"". São de inspiração portuguesa - com a introdução da guitarra portuguesa em alguns temas - argentina, italiana e norte-americana... Qual é género musical de Capossela? A resposta é TODOS. Só vendo!

30 de novembro de 2007

Ó pra ele tão lindinho...

Vinicio... aqui vou eu!


EDITADO: Já regressei do concerto... estou demasiado extasiada para falar. Logo ou amanhã conto. Kissinhos

Vi e gostei

Atrás de uns e outros blogs, acabei por encontrar este site e este blog sobre a greve dos guionistas dos States. Os mais do que famosos actores juntaram-se à causa dos criativos que lhes dão voz nas séries e filmes que lhes deram o sucesso de bandeja. E eu acho muito bem... os vídeos estão bem feitos e mostram realmente como é que esta greve pode afectar os fãs de todos os pontos no planeta.

27 de novembro de 2007

Será que sou só eu?!

Acho que o Lenny Kravitz has something... não é, de todo, um homem fabuloso, mas é jeitosinho. Pelo menos, eu acho.

25 de novembro de 2007

Podia ter título, mas não tem!

Já fui ver o Beowulf... já fui ver o Beowulf!!! E pronto... é isto!

Agenda

Para a semana não vou ter aulas... e na sexta-feira quero ir ver o espectáculo deste fulaninho no Teatro José Lúcio da Silva (Leiria). Alguém me acompanha?!

Segundo as informações dadas no site da Câmara Municipal de Leiria:

Vinicio Capossela, vencedor em 2006 do Prémio Tenco (equivalente italiano do Prémio Mercury britânico), está na linha da frente de uma nova geração de cantores-compositores que estão a reinventar a música italiana.Nos seus primeiros trabalhos, a música de Capossela foi influênciada pela cultura do sub-mundo americano e mito da estrada incorporado por Jack Kerouac e Charles Bukowski e pela identidade ítalo-americana do trabalho de Martin Scorcese. A sua escrita musical continua a explorar as várias facetas da diáspora cultural italiana desde o tango argentino de Astor Piazzolla ao swing americano de Louis Prima. Sendo um dramático e encantador “artista de circo”, Capossela é conhecido pelas suas actuações teatrais.O seu último trabalho de estúdio “Ovunque Proteggi” (Que possas me proteger em todo o lado) esteve no topo dos tops musicais atingindo vendas de disco de platina e foi descrito como o melhor lado da pop pela Vanity Fair italiana. O álbum está repleto de referências históricas, bíblicas e mitológicas.

Fiquei cheia de vontade de ouvi-lo, apenas pela amostra daquilo que está exposto no Myspace.

21 de novembro de 2007

Hoje, não me apetece fazer nenhum...

Acontece com todos. Estou a fazer um intervalo na minha tentativa de ser produtiva.

Passei pelo Hi5... faço "login" todos os dias, só para ver as novidades. Apercebi-me que tenho noventa e nove convites convites para integrar a lista de amizades de alguém. Noventa e nove convites!! Estou a um convite de ter cem na minha conta!

Não faço tensões de aceitar nenhum. São de pessoas que não conheço de lado, absolutamente, nenhum... e aceitar, só para dizer: "ó pra mim cheia de amigos" também não me apetece. Actualmente, na minha lista de 200 e tal pessoas, conheço cerca de 90%. São antigos colegas de escola, amigos de infância, familiares, vizinhos, amigos de outras andanças... um ou outro são contactos feitos via-Hi5. Agora, pergunto-me: será que a malta com 500 ou mais contactos na lista de amigos do Hi5, fala, efectivamente, com todas essas pessoas? Faz-me um bocado de espécie...

Tenho como teoria que cerca de 80% de todas as pessoas que navegam diariamente na net, têm perfil de Hi5. Até agora sempre que me dão um endereço de e-mail, vou ver "'bora lá ver se tem Hi5"... e tem!! É um fenómeno estranho este Hi5.

20 de novembro de 2007

[Contém Spoilers]: Último Harry Potter

Eu sabia que o Snape era dos "bons". E morre uma quantidade parva de personagens. Pronto, acabei de estragar o fim do livro. Caraças!

14 de novembro de 2007

E sai uma rodada de perguntas e respostas para a mesa 5

Fui desafiada pela Lusófona para responder a um mini-inquérito que pelos vistos anda a circular pela net. É apenas mais uma forma de nos conhecermos. Ahhh... algumas respostas coloquei a cores diferentes, porque são estas cores que "sinto" em cada resposta. Coisas de menina.

Uma hora: 23 horas
Um astro: Sol
Um móvel: Sofá
Um líquido: Água
Uma pedra [semi] preciosa
: Turquesa
Uma árvore:
Chorão (*)
Uma flor: Orquídea
Um animal: Gato
Uma cor:
Rosa
Uma música:
Esta é das mais difíceis... não sei... oiço muita música de diversos estilo e não consigo destacar apenas uma
Um livro: O Principezinho
Comida: Não sou esquisita... por isso, entre portuguesa, chinesa ou italiana, é só escolher
Um lugar: Uma praia
Um verbo: Amar
Uma expressão:
GOLOOOOOOOOOO...
Um mês: Fevereiro
Um número: 23
Um instrumento musical: Piano
Uma estação do ano: Primavera
Um filme: Um daqueles de fazer chorar as pedrinhas da calçada; talvez "O Fantasma da Ópera"

(*) Esta escolha do chorão tem uma explicação lógica relacionada com as minhas memórias de infância... será tema para outro dia.

Agora... o objectivo seria nomear novos blogues para darem continuidade a esta rede. Ficam, portanto, nomeados todos vocês. Avisem-m depois, para ir "cuscar" as vossas respostas.

Carta aberta ao Pai Natal... segundo episódio!

Querido Pai Natal:

Até aceito de bom ânimo que não me queiras oferecer o CD do Ben Harper, com a justificação que nem sempre fui uma boa menina durante o ano, e prefiras dar-me... sei lá... um par de meias ou uma caixinha de bombons do Lidl, mas fazer-me o que fizeste ontem, é golpe baixo!

TRÊS HORAS no Hospital?! Ninguém merece... nem eu! Estou a ponderar seriamente em não te deixar bolachinhas ao pé da lareira na noite de Natal... levas o vinho do Porto e já vais com sorte!

Mas como esta série de "Cartas abertas" ainda está longe de terminar, ainda vais a tempo de te redimires.

Da tua sempre fiel amiga, um enorme beijinho
Cristina

8 de novembro de 2007

Os difíceis caminhos para o envelhecimento

Ando há algum tempo a matutar neste post; há uma semana para ser mais precisa. Pelo meio, meteu-se o trabalho, o tempo fo passando e eu à procura da forma certa de falar nisto.

Na semana passada, estava euzinha descansada no escritório da Junta, quando entra lá o sr. JS, um senhor com cerca de 80 anos, agarrado a um pau, como se de uma bengala se tratasse. Os cumprimentos do costume e ele lá disse ao que vinha. Enquanto estava a tratar da papelada, ele deixou cair o bendito pau e foi aí que tudo começou. Demorou cerca de 3 minutos a baixar-se, apanhar o pau e voltar a levantar-se... tarefa que qualquer um de nós levaria segundos. Obviamente, ofereci-me para o ajudar... recusou... "Obrigado, menina... deixe estar!" e desviou a conversa. Papelada preenchida, assinada e pronta a enviar via-CTT. "Quanto devo?" - "Nada, sr. JS." - "Então e a mã-de-obra?" - "Fica por conta da casa."... o sr. JS riu-se, agradeceu mais uma vez e virou costas para se ir embora.

Da minha mesa à porta são menos de 5 metros. O sr. JS demorou mais de 5 minutos a fazer este percurso. Encostei-me à porta da sala da minha colega e deu-me um arrepio pelas costas.

Depois lembrei-me
deste post do amigo Horas... duas visões perfeitamente opostas do processo de envelhecimento. Se eu pudesse escolher, bem... acho que não restam dúvidas qual escolheria...

3 de novembro de 2007

Carta aberta ao Pai Natal...

Querido Pai Natal:

Eu sei que ainda é cedo, mas queria que não te esquecesses de mim. Tenho sido uma boa menina (quase) todo o ano. E como ainda tenho mais de um mês pela frente, ainda vou a tempo de corrigir um ou outro pormenorzito.

Tenho sido bem-educadinha, estudiosa e obediente. Tenho cumprido os meus deveres, enquanto cidadã consciente: votei, estive nas mesas de voto, não deito lixo no chão e não faço barulho à noite para não incomodar as outras pessoas. Tenho cumprido todas as minhas decisões de "ano novo"... faltam 2/3 itens, mas estou quase lá.

Querido Pai Natal, sim, sei que ainda é muito cedo. Sim, sei que estamos no início de Novembro, mas podias oferecer-me o álbum do Ben Harper? (diz que sim! vá lááááá...). Até lá ainda posso mudar de ideias, mas assim ficas com uma luz!

Da tua sempre amiga fiel, um enorme beijinho.
Cristina

2 de novembro de 2007

Eu estava bem-dispostinha... a sério!

Mas depois... enquanto estava a fazer um trabalho, estava a pensar uma música a puxar para o lado da lágrima. E outra. E mais outra. E quando dei por mim, parecia um dilúvio. Só me apetece ficar na cama, deixar-me levar pela auto-comiseração e pensar no quão trágica é a minha vidinha. Mas não... vou-me levantar, vou para ao pé da minha fogueirinha (para aquecer os pés) e encharcar-me em romãs.

"Está na hora..." sim, mas de levar umas belíssimas palmadas

"Está na hora..." foi uma das brilhantes frases que um grupo de pequenos vândalos decidiu escrever nos muros de uma rua, na minha Freguesia. Estas pequenas sub-espécies de adolescentes aproveitaram o tão "tradicional costume português", o Halloween, para andar a fazer disparates pelas ruas. Onde está a educação?

Sou eu que estou a ficar velha, ou isto não era mais do que motivo para estes miúdos levarem umas belíssimas palmadas? Ainda estão em muito boa idade para isso...

Quando eu e o meu gang aproveitávamos estas noites, fazíamos pequenas partidas, mas, nunca ofendemos ninguém, nunca estragámos nada. O pior que nos aconteceu foi um vizinho ter-se "esquecido" de prender o cão e o sacana do bicho pregou-nos um susto de morte, quando desatou a ladrar e a correr atrás de nós. Solução: fuga para casa do amigo mais próximo e irmos comer o lanchinho que a mãe dele preparou e que tinha deixado no anexo da casa.

E depois éramos nós a geração rasca...

31 de outubro de 2007

Vem mesmo a propósito...

Ainda há dias falei na Mayra Andrade... e hoj, no JN, vem esta notícia.

Aliás... o Jornal de Notícias (edição online) é um fartote de notícias.
Esta deixou-me preocupadíssima. E esta também é preocupante... assim vai o jornalismo nacional.

Por outro lado,
esta notícia fez-me sorrir. Finalmente, vê-se luz ao fundo do túnel. Tomara que muitos adultos pensassem como os mais novos.

28 de outubro de 2007

Ele há coisas do caraças

É de noite. Fui buscar o meu irmão ao expresso. Ele avisa-me "cuidado... há polícia ali à frente na rotunda". Respondi que já sabia. A tensão aumenta quando vejo dois carros azuis-e-brancos e uns quantos homens fardados, com uns coletes catitas reflectores. Um manda-me parar. Estava a amaldiçoar baixinho a minha sorte, mas quando vejo o agente a olhar para mim, largo a rir. Saio do carro e pergunto"Gajo, queres mesmo ver os meus documentos, ou mandaste-me parar só pela sacanice?!". O agente ri-se: era um ex-patrãozinho!

Trabalhei numa Colónia de Férias, propriedade dos Serviços Sociais da PSP. Colónia essa que é gerida por polícias. E, em sorte, fui mandada parar por aquele com quem tenho mais confiança - a seguir ao meu pai, por razões óbvias.

As suas últimas palavras para mim foram: "vá... vai-te lá embora; não estejas aqui ao frio!". Isto sim, é uma operação STOP em condições!

25 de outubro de 2007

Descobri ontem

Sim... descobri, ontem, que "negligência familiar" é sinónimo de matar uma criança de dois anos, com dois pontapés e apanhar sete anos de prisão.

É por estas e por outras que me apetece dizer muitas asneiras, mas contenho-me porque sei que existem, pelo menos, dois sacerdotes que visitam o "Estrelices".

24 de outubro de 2007

Eu avisei...

... que ia ficar chata, com a gripe. Dediquei-me a procurar na Internet mais informações sobre os meus novos grandes amores na música.

Então...
aqui podem encontrar os álbuns do The Shanghai Restoration Project do amigalhaço Dave Liang de quem já falei. E aqui é o site oficial do projecto. As músicas são do melhorzinho. E estão disponíveis por 0.99€ no iTunes. E ainda aqui está o sô Dave ao piano. E sabiam que esta publicidade tem a banda sonora do The Shanghai? Não sabiam... pois, eu também não.

E quando estava aqui com esta lenga-lenga toda... descobri
isto. Já não bastava um gajo de voz poderosa, tinham os dois de se juntar, mesmo que fosse só para a palhaçada. Rai's partam os homens de voz poderosa. Se alguém conhecer algum dos dois, digam-lhes que eu existo. Combinado?!

Aliás... quando oiço
este homem, só me apetece espancá-lo por causa daquela voz que Deus lhe deu.

Ainda não acabei... depois de ouvir o Bagaço Amarelo falar 500 vezes na Mayra Andrade, resolvi ir espreitar a menina. E não é que ele tem razão? Bonita e com uma voz também lindíssima. Espreitem comigo
aqui.

E
destes?! Inveja... muita inveja!

Pronto... e foi para isto que me deu, este dia. Produtivo até mais não! É para isto que anda uma mãe a criar uma filha.

Posso amaldiçoar o mundo?

O pior aconteceu: aquele mal-estar, voz fanhosa e pingo no nariz transformou-se em corpo completamente moído, dores de garganta e nariz hiper-entupido. Resultado: ficar de cama. Odeio ficar de cama. A pior coisa que me pode acontecer é ter de ficar em casa aprisionada entre o pacote de lenços de papel, um cobertor e a embalagem de "Cêgripe". Hoje... aturem-me. Para quaisquer contactos, eventualmente, encontrar-me-ão no Messenger.

22 de outubro de 2007

Só comigo...

Depois de um fim-de-semana porreiríssimo, não havia mais nada para me acontecer: ganhei, sem qualquer mérito, uma belíssima constipação. Rai's parta o tempo! Estamos em Outubro... era suposto estar fresquinho e não um calor tórrido, correcto? Estamos em Outubro... era suposto estar fresquinho, à noite, mas não um gelo de fazer bater dente, certo? Resultado: pingo no nariz, voz fanhosa e mal-estar. Simplesmente fabuloso!

18 de outubro de 2007

Mais uma musiquinha para alegrar o dia...

Já que insistem tanto... uma cançoneta de Dave Liang, produtor asiático-americano: Miss Shanghai. Quem é amiga, quem é, que vos mostra músicas bonitas?

Miss Shanghai Clos...

16 de outubro de 2007

Músicas da minha vida # 03

Como não tenho tido tempo para escrever... dou-vos música!! Lembrei-me desta música, hoje de manhã, não sei porquê...

Breathe - Midge Ur...

10 de outubro de 2007

Blog-dependência...

Por sugestão da Lusófona, criei um blog dedicado à minha vida no Porto. Podem ver aqui. Não se sintam obrigados a visitar... a sério! É mais um descargo de consciência que outra coisa!

9 de outubro de 2007

Músiquinha para alegrar o dia

Por manifesta falta de inspiração, não tenho postado nadinha. Gosto do meu bloguinho, gostava de postar umas coisas intelectualmente estimulantes (ou então não), mas ultimamente tenho andado fraquinha do miolo. Por isso, e para suprir esta minha falha, vou colocar o vídeo de uma música dos "Donna Maria". Gosto deles. Da sonoridade e das letras que são lindíssimas. Esta não é de todo a minha favorita, mas é igualmente bonita.

4 de outubro de 2007

Alguém me explica...

... porque é que estou com uma vontade imensa em voltar a ler um livro, cuja história já nem me lembro? "O Deus das Pequenas Coisas" de uma autora indiana... quando o li, lembro-me de ter pensado "Ora deixa-me cá esperar mais uns quantos anos para voltar a lê-lo, e entendê-lo!". Será que já estou preparada, e o meu subconsciente está a relembrar-me a promessa feita?! E ainda por cima não é nada carito...

(e já só faltam 15 dias para o início da pós-graduação. Porto, here I go!)

3 de outubro de 2007

Beleza para além do Tempo

Andava eu na lide doméstica, a revirar o meu quarto, quando me pus a pensar "Ora vamos lá ver... que quadros vou pôr no meu quarto, para lhe dar um arzito mais catita??". Lembrei-me de arranjar umas imagens de algumas divas do cinema: uma Audrey Hepburn, uma Marylin Monroe... Comecei a pesquisar umas imagens bonitonas destas duas jeitosas e eis que me deparo com umas fotos de James Dean. Pôr umas pinturas do rapaz, na parede também não era mal pensado.

Comentei de mim para mim, que actualmente são poucos os homens que têm uma beleza que irá ser recordada daqui a anos e anos. Um Brad Pitt, um George Clooney... e não me consigo lembrar de mais nenhum que possa ser recordado por ser um homem, dígamos que, apetecível! Com as mulheres passa-se o mesmo. Angelina Jolie, Scarlett Johansson... mais alguma?

Lembrei-me, então, de um piropo que me deram há uns tempos: "Tens uma beleza mítica"... na altura, comentei com um conhecido, o conteúdo do mesmo. Resposta: "Ele tem razão... tens uma beleza mítica!". Continuo a achar que foi o melhor piropo que ouvi em toda a minha vida; dificilmente, vou ouvir algo tão poderoso, até porque não tenho quaisquer pretensões de virar mural.

1 de outubro de 2007

Estou na iminência de...

... gritar!! Caramba... depois da pior fase da neura, eis que que me apercebo que estou quase a fazer 25 anos. E daí aos 30 é um pulo! A minha santa mãezinha teve a infelicidade de me lembrar "Não eras tu que estavas tão radiante com os 18 anos?! Aguenta-te!! E não te queixes!". É uma fofinha, a minha mãe!

Vejamos: estou praticamente falida (não vivesse eu com os meus pais... e queria ver o que seria de mim), a pouquíssimos meses dos 25 anos, com um trabalho que nem por isso me preenche as medidas e prestes a iniciar a minha Pós-graduação com o jornalista dos meus sonhos (a única coisa boa nos últimos dias).

Esta sou eu, em versão avatar do Yahoo. Gira! E com um outfit muito jeitosinho.

28 de setembro de 2007

E quando... IV

... metemos os pés pelas mãos e ao tentar solucionar a treta que fizemos, ainda estragamos mais? Será reprovável tentarmos estar sossegados no nosso cantinho e não falar com o resto da civilização - para, ao menos, salvar alguém do nosso dia de... (peço desculpa) merda?!

25 de setembro de 2007

Não sou tão gira como ela, mas...

... foi este o resultado que obtive no teste. Experimentem... muito giro!


Which Grey's Anatomy Character Are You?





You're Izzie Stevens!You love to have fun and are the life of the party! You like to meet new people and just go crazy! You're a good friend and always know what to say.

Take this quiz!

Lindo lindo lindo

"Dizem que é Inverno. Eu acho que és Primavera!"

As tampinhas dos iogurtes da D****E têm mensagens fofinha. Esta é uma delas. Utilizei-a como frase de apresentação no messenger. E digo mais, era mulher para casar com o homem que me dissesse isto com um ar minimamente convincente!

(passo a explicar que este post serve apenas para resistir à tentação de não dar continuidade ao post anterior, tal a quantidade de expressões estranhas que são usadas nas buscas Google e que, ainda mais estranhamente, são um meio para chegar aqui)

24 de setembro de 2007

Recados

Queria deixar aqui um recado às pessoas que chegaram ao meu humilde estabelecimento, através das buscas Google.

"Ramo de noiva"... não, aqui não há ramos de noiva. E ainda dentro da linha de casamentos... a pessoa que procurou em "FELICIDADES PARA QUEM VAI CASAR", se calhar, o mais simples será chegar ao pé dos noivos e dar-lhes as felicitações, pessoalmente. Aqui estou, novamente na vanguarda, a fazer serviço público.

Há mais... "como é bom ter um fim de semana"... acredito que sim, que seja óptimo ter um fim-de-semana... Continuando. "tasquinhas do souto" - por acaso, passei um bom fim-de-semana, esta semana, nas Tasquinhas do Souto. A festa esteve muito animada durante 3 dias e foi muito muito bom. Belos petiscos e uma ginjinha que era uma categoria.

"Como é a vida dos cubanos em cuba?"... errrrr... não faço a menor ideia. O melhor é marcar viagem e dar lá um saltinho. Humm... boa ideia!

"Miguel Sousa Tavares em a bola". Às vezes, leio. Mas como o meu pai só compra o "Record" aos sábados, tenho de ir ao café ler "A Bola". Como o MST é um portista dos sete costados, o que leio mesmo são as crónicas dos jogos e as últimas páginas, onde está o Atletismo e os textos das Produções Fictícias. Mas confesso, que gosto do estilo de escrita de MST. Com ou sem plágios.

Para terminar: "eu sou uma pessoa simpatica e outras coisas"... ok. Também acho que sou uma pessoa simpática, mas não faço disso bandeira no meu blogue. O que são "as outras coisas"?

20 de setembro de 2007

Isto sim é serviço público

Hoje, quando estava a conduzir, liguei o rádio e em vez de ouvir o habitual "Linha Avançada", com o José Nunes, na Antena 3, optei pelo CD que por lá anda. Ouvi a música que se segue... Natasha Bedingfield a cantar Unwritten. É a música que oiço quando estou em sad-mood. É muito boa onda. O vídeo é giro e Natasha também... além de que a letra é porreira!

19 de setembro de 2007

Não resisto

Não consigo resistir à tentação de não escrever um post sobre futebol. É mais forte do que eu! Peço perdão, até porque dada a escassez de blogues a falar de futebol... acho que estou a suprimir essa falha gravíssima.

Adiante, que se faz tarde. Gosto do Nuno Gomes. A sério que gosto. Sempre gostei. Desde os tempos em que ele jogava no Boavista, tinha 18 anos e borbulhas na cara. É um jogador que, sem nunca se destacar como outros avançados mega-goleadores, faz o seu trabalho tranquilamente e sem dar ouvidos às críticas. Não escondo que sou uma das pessoas que o criticam, mas costumo dizer que posso criticá-lo, porque conheço aquilo de que é capaz. Os portugueses têm memória curta... e os adeptos têm memória ainda mais curta. Ele está a passar por uma fase menos boa, mas nos últimos dois jogos marcou dois golos. Poderão ser bons indícios. Espero que sim. O Nuno merece!

Mudando de assunto. Quem me conhece, sabe que não escondo o meu unio-benfiquismo. Mas, tenho fair-play mais do que suficiente para reconhecer um bom jogador. E quando o SCP - os rivais da 2.ª Circular - tem uma Academia de fazer inveja, tenho fair-play para elogiar o seu bom trabalho. NUNCA me ouvirão falar mal da Academia verde-e-branca. Tenho vindo a apreciar o SCP nos últimos 2/3 anos devido à sua enorme capacidade de formar atletas, de os pôr a jogar como seniores e de os vender por quantias astronómicas. E gosto de ver o SCP a jogar com Moutinho, Yannik, Veloso... tal como gostava do Cristiano Ronaldo, Nani, Carlos Martins, Miguel Garcia e Custódio. O restante plantel passa-me ao lado.
A minha União de Leiria vai jogar amanhã contra o Bayer Leverkusen para a Taça UEFA. Gostei de saber que a Direcção unionista vai oferecer os bilhetes aos 10 adeptos que viajam de Leiria para a Alemanha, em clara manifestação de apoio ao clube. Também gostei de saber que os emigrantes portugueses na Alemanha estão a procurar bilhetes para a partida. A União de Leiria não vai estar sozinha na mítica BayerArena. Não gostei de saber que os alemães estão a relativizar a equipa portuguesa. Não é por ser a minha equipa, mas não gosto que os mais fortes menosprezem os (teoricamente) mais fracos. A ver vamos, como diz o cego.

17 de setembro de 2007

Uma verdade verdadinha

Apercebi-me este fim-de-semana que se, por um mero acaso, me fosse oferecido um emprego em Angola, Cabo-Verde ou Moçambique, eu ia sem pensar duas vezes. E mais: nunca mais me apanhavam em Portugal. Bem... talvez de férias! Ou quando ficasse com saudades da sopa da minha avó. Ou se um certo e determinado jogador da bola me pedisse em casamento (não digo qual lol). Algo me diz que não sou muito normal... sim, eu sei, que quem lá está, quer vir embora... mas... não sei explicar! Desisti de tentar encontrar uma explicação minimamente razoável para esta ideia que já tenho há muito tempo. Tive um pequeno "baque" durante as minhas férias, em Agosto passado, e este fim-de-semana, voltou a assolar-me a mente "E se eu fosse para lá...?".

14 de setembro de 2007

Rapidinhas...

1 - A Hannah também me nomeou para o prémio Correntes da Amizade... nem vale a pena dizer mais nada. Visitem o cantinho desta linda moçoila e vejam o porquê dela ser uma querida de quem gosto imenso. Lamento não a conhecer pessoalmente, mas é assim a vida!

2 - Ando a trabalhar muitoooo... tenho conseguido ler os vossos comentários, mas as hipóteses de responder devidamente têm sido quase nulas. Arranjei um segundo trabalhito, para equilibrar as despesas, logo ando a cair de cansaço pelos cantos. Tenho aproveitado os minutitos livres para bater uma soneca - shame on me!! Perdi a minha vida social!

3 - Estou decidida a dar uma virada na minha vidinha: ou arranjo um trabalho ou estágio profissional dentro da minha área, ou vou fazer uma Pós-graduação no Porto, ainda este ano. Ando cansada desta monotonia que se instalou: casa-trabalho-casa-trabalho.

4 - Este ano, vou pôr os escuteiros de lado. É humanamente impossível conciliar tudo. E sempre disse que quando os escuteiros estivessem no topo das minhas prioridades, algo de estranho se passaria. Estava a deixar-me arrastar e estava a colocar o Agrupamento acima de tudo o resto. Preciso de me orientar. É triste que esta minha decisão seja tomada no ano e mês em que comemoro 10 anos de Escutismo, mas há um dia em que tudo acontece!

5 - Não ando a fazer muito sentido... como cheguei a essa brilhante conclusão?? A partir do momento em que consigo compreender o Scolari. Achei a cena tão sobrenatural, que me desmanchei a rir e a dizer "É porque as mereceu! E tenho pena que não houvesse um rolo da massa por perto!". Não acho que seja caso para demissão, mas uma multita era bem aplicada.

12 de setembro de 2007

Toca a agradecer...

Hoje, agradeço a uma pessoa e transmito os agradecimentos de outra.

First - queria dizer um "Obrigada" à queridíssima Daniela, pelas correntes da amizade... mais um dos prémios a circular pela imensa Internet. Como disse anteriormente, já desisti de seleccionar o blog A, B ou C como o meu preferido, porque na verdade, gosto imenso de todos os blogs com quem mantenho relações de amizade, e das pessoas que estão por detrás deles. Daniela, lamento, mas não vou eleger os 10 blogs como mandam as regras...


Second - o Nélson Évora pediu-me para vos agradecer a todos pelo carinho. Falei com ele esta semana e disse que tinha uns quantos amigos a desejar-lhe felicidades. Ficou satisfeitíssimo e fez de mim a sua porta-vos junto de vocês.

Persistência precisa-se

Ando a trabalhar muito. Mas mesmo muito. Num destes dias em que, por um feliz acaso, consegui estar a vegetar em frente à televisão, vi algo que me deixou perplexa. Passo a relatar: nesse programão que é a "Oprah"apareceu uma cadelinha, de seu nome Faith (Fé) que nascera sem as duas patinhas da frente. A cadela-mãe tinha tentado sufocar a cria, o veterinário aconselhou o abate, mas os donos, relutantes, salvaram sempre a bichinha da morte. Ensinaram-na a andar com as patas de trás, em pé, como um humano; ensinaram-na a saltar...

Fiquei pasma... uma cadela... um animal com uma persistência imensa. Um animal com um nível de insistência superior à de muitos humanos. De repente, pus-me a pensar: porque será que as pessoas, às vezes, à mínima dificuldade baixam os braços e tomam atitudes passivas e de total derrotismo?

Teremos nós de começar a olhar para os animais e a adoptar os seus exemplos, quando, teoricamente, somos nós, os seres superiores? Todos nós "funcionamos" por fases: umas boas, umas más... e quando estamos mais em baixo esquecemo-nos do mundo e pensamos que mais ninguém tem problemas, ninguém se sente tão mal quanto nós... sentimo-nos frustrados, tristes e deprimidos. Agora que "conheci" a Faith, dificilmente, me resignarei às adversidades.



Vejam o vídeo e conheçam a Faith...

5 de setembro de 2007

!!

O título oficial deste post era para ser "Mais uma promessa não cumprida", mas decidi que não queria entrar em picardias. Quando criei este blog, tinha dito de mim para mim "Cristina Maria, não vais vez alguma falar em Política e politiquices, nem nas políticas que afectam o Desporto!". Mas como já falei algumas vezes em Desporto, em Política, não há mal algum em falar nas politiquices que afectam o Desporto.

Nelson Évora foi campeão do Mundo, a Vanessa Fernandes também. Muitos outros ex-atletas, que conheço apenas da televisão, também o foram. Desde sempre que reclamam condições de treino dignas para que possam dar continuação às vitórias que tanto orgulham os portugueses.

Laurentino Dias, secretário de Estado do Desporto, anunciou que irá ser lançado o
projecto para umas Oficinas de Treino no Estádio Nacional, com o objectivo de servir os atletas de alta competição, durante os meses mais frios. Uma decisão que peca por tardia. Foi preciso o Nelson dizer que vai viver para Espanha para conseguir treinar decentemente, para que o nosso Governo metesse mãos à obra e evitar uma nova "fuga" como aconteceu com Francis Obikwelu. Seria mau de mais deixar que a nova "jóia da coroa" saísse da segurança portuguesa para ir treinar com os mauzões dos "nuestros hermanos", por falta de condições no seu próprio país. É mais do que normal ver este género de atitudes neste país: só depois dos acidentes acontecerem é que se reforçam as condições de segurança...

Ontem, na TVI, o Nelson disse algo que me fez escrever este post. Foi qualquer coisa como: "Só temos apoios cerca de 8 meses antes dos Olímpicos; quando temos ciclos de 4 anos entre Jogos". No mínimo, é lamentável! Como apreciadora de desporto, no geral, sinto-me indignada com este tratamento. Como conheço alguns clubes que se dedicam ao Atletismo, sei que as condições não são as mais indicadas, mas é triste assistir a este distanciamento, quando os atletas dão tudo de si. Também gostei de ver a reacção de Miguel Sousa Tavares. Foram duas chapadas de luva branca, em directo na TVI.

3 de setembro de 2007

Parabéns, Campeã...


Não, não conheço a Vanessa Fernandes, mas não deixa de merecer também uma singela homenagem por ser a CAMPEÃ DO MUNDO... És grande, Vanessa!

P.S. Toparam a cena gira? Tanto o Nélson Évora, como a Vanessa Fernandes são benfiquistas. Ele há coincidências do caraças!

2 de setembro de 2007

And the nominees are... #02

Me again... gostaria de agradecer imenso a duas queridíssimas leitoras (e amigas vituais), Dark e Lusófona pelos prémios que me atribuíram. Fico sem palavras cada vez que sou nomeada para um destes galardões que andam a circular por essa Internet fora.

Gostava de lhes dizer que prezo imenso o carinho com que me tratam e a doçura em cada palavra que escrevem... não devia ser necessário agradecer a amizade, mas... obrigada!! Mesmo que não nos conheçamos, mesmo que vivamos a quilómetros de distância, estão sempre comigo. Um beijo!!

ATRIBUÍDO POR DARK:

Sobre o prémio "Schmooze", vejam as regras aqui.


ATRIBUÍDO POR LUSÓFONA:


Mais uma vez: obrigada, obrigada e obrigada! Os meus nomeados são todos vós... desisti de tentar fazer selecções para estes prémios. Adoro cada um de vocês e todos merecem exibir estes galardões.

27 de agosto de 2007

Parabéns, Campeão

E mais não digo... estou contente por ele!

7 e 7 são 14, com mais 7 são 21...

O amigalhaço Horas aproveitou o meu período de vacances para me lançar a sua rede de nomeações e desafios.

Quer que conte sete factos casuais da minha vida e depois que passe este desafio a mais sete bloguistas. Eu pensei para com os meus botões: «mulher… não tens botões!”, mas decidi aceitar. O pessoal até gosta destas coisinhas e tal…

1. Tal como o meu parceiro blogger Horas, a minha vida sem música não seria vida! Ele é no mp3, ele é no leitor do carro, ele é as estações de rádio online. Já perdi conta aos CD’s que tenho… entre os meus e os do meu irmão, alguém se vai safar;

2. Cinto de segurança… uso sempre. A viagem pode ser de metro e meio, mas a primeira coisa que faço mal entro no carro é pôr o cinto. A polícia pode-me apanhar em excesso de velocidade, mas sem cinto, os gajos não me apanham…;

3. Ler jornais desportivos… mal ligo o computador é instintivo: procurar as páginas dos jornais de desporto. Mesmo antes de procurar uma estação de rádio… já tentei contrariar esta tendência, mas volto sempre ao mesmo;

4. Despedir-me no MSN de alguém 42596781265152152552318557415 vezes antes de ir embora realmente… (alguém me diga, rapidamente, que também faz isto!);

5. Mentir à malta do telemarketing… todos os dias o meu número de telefone é sorteado para alguma coisa, seja para a abertura de um novo espaço comercial, seja para experimentar o novo aspirador do raio que os parta, seja por causa do colchão XPTO ao quadrado… TODOS os dias… TODOS!! O que é que eu faço?! Minto… pois está claro! “Ahh e tal eu sou a empregada, os senhores estão fora!” “Esse prémio é para receber em casal, correcto? Pois… o meu marido está em missão humanitária no Iraque, lamento!”… podia resolver a questão com um simples “Não estou interessada!”, mas é mais giro dar largas à imaginação…;

6. Quando olho para alguém e penso “Conheço esta cara de algum lado”, tento, desesperadamente, lembrar-me de onde. Só relaxo quando finalmente me lembro… é stressante e irritante não ligar uma cara a um local; gosto de primar pela boa memória! Quando me dirijo a alguém, gosto de contextualizar o “como” de nos conhecermos;

7. Ir aos treinos da União de Leiria. Tenho de assistir, pelo menos, a um por semana, senão até passo mal! Gosto de saber as tácticas que o treinador ensaia, gosto de assistir às "peladinhas", gosto do espiríto que se respira dentro daquele grupo de trabalho...

Agora a parte chata do desafio... nomear 7 blogs para darem continuação ao jogo. Mas como tenho nomeado muito, ultimamente, deixo ao critério dos meus queridos amigos responderem, ou não... peço apenas que me avisem, para eu ir cuscar as vossas vidinhas! Beijinhos e abraços!

26 de agosto de 2007

Eu não mereço...

... ter amigas como a Carol. Depois das minhas aventuras em terras da capital, eis que chegada «à xanta terrinha» tenho a visita da minha sócia. Quatro dias lindos de praia, passeios, jantaradas, dança e karaoke.

Conhecemo-nos via-Internet há cerca de um ano; desde aí somos, virtualmente, inseparáveis. Só nos conhecemos, pessoalmente, este mês, mas parecia que tínhamos vivido juntas desde sempre.

O meu primo M e a sua noiva, a C, organizaram uma nova despedida de solteiros, desta vez em conjunto - não vá o Diabo tecê-las. A nova data para o enlace foi marcada para dia 9 de Stembro. Desta é que é!

Um desabafo: já não tinha umas férias assim desde meados de 1755 - logo após o terramoto!

21 de agosto de 2007

Ah e tal fui nomeada...

Um prémiozito muito jeitoso para a minha montra… mais uma vez atribuído pelo Horas. Man, és único. Um grande beijão… não fiques é à espera de um novo discurso de agradecimento.


Deixo-vos aqui as "instruções de utilização" do prémio.

1- Podem participar na votação todos os bloggers que mantenham blogs activos há mais de um mês (os outros esperam por outra idéia brilhante que alguém irá ter).
2- Cada blogger deverá referenciar 5 (cinco) nomes de blogs. A cada menção corresponde 1 (um) voto.
3- Cada blogger só poderá votar 1 (uma) vez e deverá publicar as suas menções no seu blog (da forma que melhor desejar), enviando-as posteriormente para o seguinte e-mail:.
elzinhalinda@gmail.com. No e-mail, além da sua escolha, deverá indicar o link para o post onde postaram as suas nomeações. A data limite para a publicação e envio das votações é dia : 27/08/2007.
4- De forma a reduzir alguns constrangimentos (e desplantes) e evitar algumas cortesias desnecessárias, também são considerados votos nulos: os votos do(s) blogger(s) em si próprio(s) ou no(s) blogger(s) em que participa(m), e ainda os votos no blog Nada Pra Mim.
5- Cada blog que for indicado ou indicar, deve conter de onde veio a origem do concurso, ou seja deverá manter um link para este blog a fim de que outras pessoas possam conhecer a idealizadora do conceito. No dia 31/08/2007 serão anunciados os vencedores.

Vou tentar não repetir nomeações... gostaria de atribuir prémios a todos os blogs que leio (quase diariamente), mas como não posso, seleccionei estes cinco:

Veritas - pela beleza que emprega em cada palavra.

Tiago - um empurrãozinho para fazer mais e melhor.

Bagaço Amarelo - pelas gargalhadas que me proporciona.

João Cordeiro - pelo detalhe de cada descrição, por cada palavra, por cada sentimento.

Lusófona - pela amizade, pela alegria que transmite.

Ahh... lembrei-me! *

Na 2.ª feira da passada semana, fui a um concerto de um fulano novato nas lides da cena musical: um tal de Jorge Palma... um rapazito que, sim senhor, dá um rico espectáculo. Que melhor maneira existirá de iniciar as férias? Duas horitas da mais pura música portuguesa... um excelente prenúncio para uns quantos dias de relax total!

Sesimbra é uma vila linda! Descobri isso nesses dias. A companhia foi 5*; fui tratada como se fizesse parte da família e é óptimo conhecer boas pessoas, numa altura em que as relações humanas são, por vezes, negligenciadas. Três dias e duas noites de praia, passeio, convívio e pura rambóia. Sesimbra é uma vila excelente e quando nos sentimos bem num local, queremos que o tempo congele. Não tirei fotos, porque julgo que há coisas, momentos e situações, simplesmente, inesquecíveis.

A minha vida tem sido preenchida por momentos distintos, tal como a vida de qualquer outra pessoa. Não sou mais, nem menos do que qualquer um. Mas assistir a um momento de reencontro familiar, após alguns anos de deistância, assistir a um beijo no ventre de uma (quase) esposa grávida... desculpem-me mas faz-me sentir um bocadinho mais especial. É um privilégio fazer parte daquela família que não é (nem será) a minha! Até a carne congelada do Lidl ganha outro sabor!! (private joke)

(* Nota: o título não tem absolutamente nada a ver com o conteúdo do texto. Mas achei tanta graça à cara do Jorge Palma quando a disse, no instante em que se lembrou da letra da música que ia cantar... não resisti!)

12 de agosto de 2007

AVISO

Queria avisar os meus estimados visitantes e amigos que vou estar de férias... durante, aproximadamente 6/7 dias, vou estar fora da minha cidade. Logo, computadores... "viste-los"!!

Não vou para longe, Lisboa é o destino... parou tudo... Lisboa?? A malta que lá vive quer sair de lá, e quem não é da capital vai para lá passar férias!! É oficial: estou maluquinha!! Perdoem-me!

Mas... entre Alverca, Belém, Caparica e Alto da Ajuda... estarei por aí! É só procurar... a miúda com ar de perdida deverei ser eu!! No domingo de manhã, podem encontrar-me na "tasquita" da foto, gentilmente roubada algures da Internet. Querem juntar-se a mim?!

Beijocas e até para a semana!

9 de agosto de 2007

And the nominees are...

Mais uma nomeação para o “Estrelices”… o meu bloguezinho está na alta-roda dos prémios… E nunca nos fartamos, principalmente quando vêm de pessoas boas.

Recebi da
Lusófona, o "The Power of Schmooze Award" criado por Mike do Ordinary Folk. Este prémio é uma tentativa de reunir os blogues que são adeptos aos relacionamentos "inter-blogues" fazendo um esforço para ser parte de uma conversação e não apenas de um monólogo.


Antes das regras, vale aqui uma definição de SCHMOOZE, vocês não vão encontrar facilmente o termo em algum dicionário convencional. Schmooze: (Verbo) fofocar, jogar conversa fora, trocar idéias. (Substantivo) conversa, bate-papo. Assim, de uma maneira mais ampla, o termo é aplicado à nós, blogueiros, que buscamos um relacionamento, uma conexão social com os outros blogs e blogueiros, gastamos um tempinho visitando e comentando nos outros espaços, travamos um certo nível de amizade com os outros.

Os bons schmoozers tem uma habilidade natural, dentro e fora da blogosfera, de fazer amigos novos ao longo do caminho. Não limitam suas visitas somente ao blogs de sucesso mas, gastam algum tempo para dizer um "oi" aos blogs novos também. São esses que incluem outros nas conversações "inter-blogs", seja mencionando, linkando ou trocando banners, seja convidando para memes e desafios.

Digamos que sejam blogueiros "camaradas".

Regras:
1. Se, e somente SE, você receber o "Thinking Blogger Award" ou "The Power of Schmooze Award", escreva um post indicando 5 (cinco) blogs que tem esse perfil "schmoozed" ou que tenha te "acolhido" nesta filosofia. (se não entendeu, leia a explicação no parágrafo anterior de novo).
2. Acrescente um link para o post que te indicou e um para o post do Mike, para que as pessoas possam identificar a origem deste meme.
3. Opcional: Exiba orgulhosamente o "Thinking Blogger Award" ou o "The Power of Schmooze Award" com um link para este post que você escreveu.


Os meus nomeados:

Ele Há Horas Assim

Isabel

Alexandre

LipGloss

Afonso

Meus queridos nomeados, particpem e continuem muitooooo participativos no mundo bloguista. Para a Lusófona, um imenso obrigada pela lembrança... é bom "conhecer" pessoas assim! Um beijinho para todos!

E quando... III

... vem numa revista cor-de-rosa, a seguinte declaração, atribuída a uma socialite nacional (Paula Bobone):

"A praia da Rocha está civilizada. Tem uma coisa que eu odeio, que são os ecopontos, isso é mais uma bimbalhada à portuguesa." ??

É impressão minha ou a senhora do "Socialmente Correcto" meteu os pés pelas mãos?! Alguém avise a senhora que a "bimbalhada" é uma norma europeia, sei lá...

6 de agosto de 2007

Tita

Quando a vi pela primeira vez, estava escondida debaixo de uma mesa. Só consegui ver aqueles olhos azuis a fixar-me. Aproximei-me. Levei uma unhada. Chamei-lhe um nome feio... mas ao mesmo tempo comecei a chamá-la. "Ela é surda!"... "Ó diabo! Como se chama uma gata surda?!"... Por gestos!

Tornou-se minha parceira de estudos. Não se dava bem com o Simba, nem com qualquer outro cão ou gato das redondezas. Pura e simplesmente, a melhor gata de guarda que alguma vez vi. Para ela, o futebol não tem segredos.

Quando o Simba morreu (um querido vizinho atingiu-o com uma foice... sim, tenho vizinhos, altamente, recomendáveis!), ela tornou-se dona e senhora do colo, dos mimos e das guloseimas dos donos. Aliás, ela tornou-se dona dos donos. E ai de quem a contrariasse!!

Há uns meses, levou uma pancada... corremos para o veterinário. Eu e a minha mãe revezávamo-nos, à noite, para lhe dar a medicação, até porque tinha de ser dada com leite, e leite nunca foi com ela. Contrariando os prognósticos do veterinário, ela sobreviveu. Quando a voltámos a ver a correr atrás do cachorro da vizinha, sorrimos: "A Tita já está rija!".

Até hoje... no sábado, não estava com bom ar. "É do calor!"... metemo-la ao pé da ventoinha e parecia mais satisfeita. Hoje, foi o último dia de vida da minha Tita. Os olhitos azuis dela já não me vão olhar de raiva quando lhe molhar o focinho, ou lhe soprar nos bigodes...

Estou triste!

Fotos: grande plano da Tita e nós a vermos o Portugal x Inglaterra do Mundial de 2006.

3 de agosto de 2007

Cuba

Confesso que sempre tive um grande fascínio por Cuba, por Fidel e, obviamente, por "Che" Guevara.

Ontem, vi na RTP, a reportagem "Hasta Cuando?", feito pela jornalista Sandra Felgueiras (reportagem) e Bruno de Jesus (imagem) em Cuba. Foi descrita a Cuba para lá daquilo que os turistas vêem, foi feito um retrato da Cuba em que as pessoas trabalham toda uma vida e não conseguem sequer comprar um carro... em 2003, cerca de 75 pessoas saíram de manhã e desapareceram. Foram presos. A acusação? Venda de informações aos EUA. Quem eram as 75 pessoas? Eram jornalistas, professores... pertenciam a diversos movimentos de oposição e foram calados pelo Governo. Em Cuba, ninguém poderá ler este meu texto... a Internet é um privilégio das elites.

Uma professora que necessita do dinheiro enviado pelos familiares, a residir nos EUA, para sobreviver - o cúmulo da ironia!

A última imagem da reportagem é a de uma mulher de 32 anos, que nunca saiu de Cuba e que todos os dias vai tentar a sua sorte para obter um visto para os EUA e ir para junto da família. Uma mulher que sorriu quando lhe perguntaram porque queria sair de Cuba "Para ir ter com a minha família e por outras razões..." "Não podes dizer quais?" "Não!". Novo sorriso, num olhar triste.

Seria esta a Cuba que Ernesto "Che" Guevara imaginou?
Haverá Cuba para além de Fidel?

31 de julho de 2007

Esclarecimento

Tenho recebido algumas sms's preocupadas, relativamente ao acidente que se deu com um autocarro de escuteiros, na A23. Estou bem! Não foi com nenhum dos meus grupos, não estive envolvida de forma alguma. Apenas continuo com problemas informáticos e não tenho conseguido vir passear um bocadinho à net. Segundo os senhores da empresa que levou o meu computador, esta semana terei o "bichinho" arranjado; quanto ao router... espero que seja também esta semana.

Portanto, não se alarmem. Desejo as melhoras aos irmãos escutas que estão em recuperação, bem como à jovem que foi operada.


P.S. Continuo com o sorrisinho parvo na cara, apesar do "prazo estabelecido "expirar" hoje.

24 de julho de 2007

Sempre que vejo orquídeas, sorrio, por alguns instantes... desta vez, senti-as nas tuas palavras. Aposto que vou ficar, durante uma semana, com um sorrisinho parvo na cara!

Sorry, sorry, sorry...

Há alguns dias que tenho tido problemas na ligação. E ainda por cima, no meu local de trabalho, as fontes de alimentação eléctricas morreram... estou sem computador desde a semana passada.

16 de julho de 2007

Praia, risos e outras coisas tais

Não houve casamento... os noivos estão bem um com o outro. O pai do noivo é que nem por isso. Deu entrada no hospital. É triste quando uma situação destas acontece a três dias do casamento do filho-caçula. Cancelou-se o casamento, com a promessa de marcação (rápida) de nova data. Ainda não falei nem com o M, nem com a C. Só podem estar tristes.

Aproveitei, portanto, a tarde de sábado para ir à praia. Não me lembro de alguma vez ter estado tão bem na praia: o tempo estava óptimo, só corria uma ligeira brisa, apenas o meu irmão estava comigo. Bom tempo e excelente companhia. O que mais poderá exigir uma pessoa? O dia, hoje, está triste. Não vou à praia, vou trabalhar o dia inteiro e o meu irmão não está comigo... o dia está triste, repito! Contudo, não quer dizer que eu o esteja.

Nos "entremeios", já estou alourada. Um "Extreme Makeover". Já era preciso! Estava cansada da minha imagem. Quando a nossa imagem nos cansa, imaginem só o que não fará aos outros?! Estou decidida a fazer pequenas alterações: comecei pelo cabelo, passei pelo quarto... sabe-se lá até onde vai esta "revolução" de trazer por casa!

Ontem, tive um daqueles dias em família. Foi excelente. Gosto da minha família, toda reunida, como se nada nem ninguém pudesse alterar aquele momento. Recordarei os olhares cúmplices do meu padrinho, as piadas sobre louras que agora tenho de aturar. Rimo-nos em conjunto e é isso o mais importante, não é?

9 de julho de 2007

Agora que penso nisto...

O meu primo M vai casar com a C, no próximo sábado. Gosto muito dela. O M não é o primeiro dos meus primos a casar, mas faz-me uma tremenda confusão que aquele miúdo que jogava comigo à bola e à apanhada, e que andava sempre com as calças sujas por andarmos a correr de um lado para o outro, tenha encontrado a sua cara-metade e vá casar. A C é perfeita para ele. Já disse que gosto muito dela, eu sei, mas não me canso de o dizer.

O M vai casar... o M vai casar... o M vai casar. Primo, desejo-te todas as felicidades do mundo. Faz a C feliz, ou terás de te haver comigo!

6 de julho de 2007

Encostem-se a mim

Ouvi esta música hoje e fiquei deliciada...

"Tudo o que eu vi,
estou a partilhar contigo
o que não vivi, hei-de inventar contigo"

Jorge Palma no seu melhor!! Fiquem com o vídeo... excelente na sua simplicidade!


2 de julho de 2007

Fim-de-semana

Como havia prometido, estou de volta. Não desesperem... nem tudo são más notícias.

Pois bem, passei o dia inteiro de sábado no Estádio Municipal de Leiria a assistir (e a cobrir) a final da Press Cup. Fui chamada pelo Sérgio Claro para fazer a reportagem-vídeo do evento, apesar de nunca ter feito tal coisa na minha vida! Uma experiência nova, e julgo qu não me saí de todo mal.

"O que é a Press Cup?" isto sou eu a imaginar a vossa dúvida. É um torneio que mete frente-a-frente diversos meios de comunicação social, em jogos de futebol 7. Cada equipa é representada por uma antiga estrela do futebol. Em Leiria, este fim-de-semana estiveram: Frasco, Jaime Magalhães, Jaime Pacheco (uma simpatia de pessoa), Tuck (idem idem), Moreira de Sá, Tó Zé, Paulo Madeira, Valido, Mário Wilson, entre outros... e.. eu falei com todos eles! Entrevistei-os, dei beijinhos, ouvi elogios da parte deles... tudo aquilo a que tinha direito! Trabalhámos imenso, mas valeu a pena: estar perto de nomes que apenas conhecia da televisão.

O dia terminou no Casino da Figueira, com todos os VIP's convidados, equipas e simples mortais convidados. Também estive lá, a deliciar-me com o espectáculo de música, dança e representação do grupo de entretenimento do Casino. Excelente, deixou-me de boca aberta!

O domingo... o domingo foi dos escuteiros. O Acagrup marcou o final do ano escutista. Grande parte das actividades desenvolvidas, foram organizadas por mim. Não estive presente na maior parte do tempo, mas correu tudo bem e isso é o mais importante.

Depois vim para casa... os meus pais estavam felícissimos. Foram homenageados durante a apresentação da equipa da União de Leiria! Um momento único na vida de ambos, com direito a entrevistas e fotografias publicadas na imprensa nacional. Mereciam este miminho... (O Jogo e o Record publicaram hoje as fotografias... é só ver na página dedicada à UDL). Estou babadíssima por eles!

Um fim-de-semana, no mínimo, produtivo e feliz. Tomara ter mais assim... mas agora estou de volta!

29 de junho de 2007

Justificação...

Têm-me perguntado diversas vezes, durante a semana para quando o regresso às lides da escrita. Estou a ter uma semana bastante ocupada, mas espero segunda-feira estar a 100% para dedicar mais algum tempo ao "Estrelices" e a todos vós, meus queridos amigos e visitantes.

Merecem uma justificação da minha parte: muito trabalho, organização do acampamento que marca o encerramento deste ano escutista e as aulas. Felizmente, na próxima semana, já acabaram escuteiros e aulas. E o trabalho estará concluído.

Este sábado, vou estar
aqui. Vou cobrir o evento!! Depois conto-vos como foi! Beijinhos e mil perdões!

22 de junho de 2007

Atribuição #02: Blog com Tomates

O meu mais recente amigo blogger Ele há horas assim... atribuiu, ontem, ao meu estaminé a nomeação para Blog com Tomates. Obviamente, e como menina que sou, fiquei surpreendida com esta distinção, que aceito com os melhores cumprimentos.
Assim, aproveito a deixa e cumpro a promessa que lhe fiz de escrever um post a enaltecer as suas qualidades. De qualquer maneira, como já tenho o prémio, não preciso de o engraxar; mas promessa é promessa, e Cristina cumpre sempre as suas promessas.

O Horas... como vou defini-lo?! É uma tarefa ingrata e injusta tentar definir uma pessoa como o Horas. Ele é... bem... assim, uma pessoa que... estou sem palavras para falar dele!! ;)


Fora de brincadeiras, "conhecemo-nos" à relativamente pouco tempo, e embora não saiba o seu verdadeiro nome, o Horas tem seguido o "Estrelices", e tornou-se, sem eu saber muito bem como, um companheiro bem-disposto e um comentador regular.

Estou sempre à espera do seu próximo comentário, sabendo que, atrás dele, vem também o Mtheman, o Miguel, a Fénix... (e outros que vão cá caindo por intermédio do seu blog), tornando este estaminé mais divertido.

Um beijinho a todos vocês e apareçam sempre!!Para ti, Horas, um beijinho especial pela nomeação e pelos clientes que me tens trazido (depois combinamos o preço da comissão).

Atribuição #01: Prémio Cupido Fonte de Amor

O Moinante, generoso como habitualmente, ofereceu-me o prémio Cupido Fonte de Amor. Vem também um pouco na linha do desafio do Pe. Cl. Estejam, portanto à vontade para copiar o selo que aqui disponibilizo.

Desafios

Demorei bastante a responder aos desafios que me propuseram, mas não foi por mal. Tenho tido algum trabalho e o tempo tem sido escasso. Mas agora aqui estou eu, em força.

Vou começar por ordem. Primeiro, e na sequência do meu post sobre os livros que tenho em lista de espera na minha mesa-de-cabeceira, fui desafiada pelo Afonso a enumerar os últimos cinco livros que li. Pois bem, foram os seguintes (já não me recordo qual foi a ordem correcta):

1 - O Hipnotista, de Konsalik (esse senhor Escritor);
2 - A Viagem, de Danielle Steel (sim, também gosto de romances lamechas);
3 - Zorro, de Isabel Allende (gostava de descobrir como é que o Zorro apareceu, na literatura);
4 - A Vingança de Olhos Negros, de Lisa Gardner (uma belíssima escritora de suspense);
5 - Sete Anos no Tibete, de Heinrich Harrer (o filme estava muito giro e despertou-me a curiosidade).

Seguindo... ontem fui desafiada pelo Pe. Cl a escrever a minha definição de "Amor". Este é que me deu "água pela barba". O que escrever sobre o assunto?? Tal como o meu desafiante, socorri-me de "cábulas" para conseguir escrever qualquer coisa que me parecesse minimamente aceitável. Uso o livro d' "O Principezinho" para tudo e a passagem da conversa entre o Principezinho e a raposa é talvez a melhor e mais bonita definição de amor que conheço.

«Tu não és para mim senão um garoto inteiramente igual a cem mil outros garotos. E eu não tenho necessidade de ti. E tu não tens também necessidade de mim. Não passo a teus olhos de uma raposa igual a cem mil outras raposas. Mas, se tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro. Serás para mim único no mundo. E eu serei para ti única no mundo...»

Segundo os meu dois desafiantes, teria de enumerar cinco blogs para continuarem a corrente. Como receio "massacrar" os meus amigos bloggers, desafio todos os que me visitarem. É um geral... mas depois, avisem-me, para vos ir espreitar!
 

(c)2009 Estrelices. Based in Wordpress by wpthemesfree Created by Templates for Blogger