5 de setembro de 2007

!!

O título oficial deste post era para ser "Mais uma promessa não cumprida", mas decidi que não queria entrar em picardias. Quando criei este blog, tinha dito de mim para mim "Cristina Maria, não vais vez alguma falar em Política e politiquices, nem nas políticas que afectam o Desporto!". Mas como já falei algumas vezes em Desporto, em Política, não há mal algum em falar nas politiquices que afectam o Desporto.

Nelson Évora foi campeão do Mundo, a Vanessa Fernandes também. Muitos outros ex-atletas, que conheço apenas da televisão, também o foram. Desde sempre que reclamam condições de treino dignas para que possam dar continuação às vitórias que tanto orgulham os portugueses.

Laurentino Dias, secretário de Estado do Desporto, anunciou que irá ser lançado o
projecto para umas Oficinas de Treino no Estádio Nacional, com o objectivo de servir os atletas de alta competição, durante os meses mais frios. Uma decisão que peca por tardia. Foi preciso o Nelson dizer que vai viver para Espanha para conseguir treinar decentemente, para que o nosso Governo metesse mãos à obra e evitar uma nova "fuga" como aconteceu com Francis Obikwelu. Seria mau de mais deixar que a nova "jóia da coroa" saísse da segurança portuguesa para ir treinar com os mauzões dos "nuestros hermanos", por falta de condições no seu próprio país. É mais do que normal ver este género de atitudes neste país: só depois dos acidentes acontecerem é que se reforçam as condições de segurança...

Ontem, na TVI, o Nelson disse algo que me fez escrever este post. Foi qualquer coisa como: "Só temos apoios cerca de 8 meses antes dos Olímpicos; quando temos ciclos de 4 anos entre Jogos". No mínimo, é lamentável! Como apreciadora de desporto, no geral, sinto-me indignada com este tratamento. Como conheço alguns clubes que se dedicam ao Atletismo, sei que as condições não são as mais indicadas, mas é triste assistir a este distanciamento, quando os atletas dão tudo de si. Também gostei de ver a reacção de Miguel Sousa Tavares. Foram duas chapadas de luva branca, em directo na TVI.

24 estrelinhas:

Miguel F. Carvalho disse...

é o habitual nos políticos... é giro tirar fotos junto dos campeões... mas o resto do tempo nem querem saber...

e será que já pagaram todos os prémios a que os atletas têm direito por ganharam as medalhas?

Cristina disse...

Infelizmente, este é o país que temos, Miguel.

É lindo fazerem grandes Estádios para estarem às moscas... e não falo apenas do de Leiria, por exemplo, o Estádio do Algarve deve proporcionar umas sombras fixes, sem esquecer o de Aveiro, que anda a mostrar-se na Liga de Honra. Se estes 3 mamarrachos não estivessem de pé, os atletas já podiam ter um Centro digno desse nome. Enfim... estou desiludida!

Daniela disse...

Cristina,
é realmente uma tristeza... já por aqui temos falado e bastante nos apoios excessivos que o futebol leva mas e o resto??

bjs

Cristina disse...

Daniela, o Miguel Sousa Tavares chamou-lhe uma coisa parecida com "mono-desportivismo", ou seja, a malta só quer saber de futebol "twenty-four/seven", e ignora as modalidades ditas amadoras.

Tive colegas hoquistas, andebolistas e outras semelhantes que, obviamente, não tinham as mesmas condições que os senhores da bola. Credo, esta resposta é quase outro post.

Sol da meia noite disse...

A vida é injusta para tanta gente... e para os atletas, infelizmente, também o é...
Parece que só lhes é dado valor, quando recebem uma taça. Mas, e todo um logo caminho de esforço que fizeram até esse dia?... Será que ninguém se lembra? E em que condições o fizeram?

Gostei do post!
Beijinhos!!!

Ele há horas assim... disse...

É um dos crónicos problemas do nosso país...
Depois da casa assaltada...trancas à porta!!

Bjos

Daniela disse...

I know I know... eu mesma joguei andebol e apoios eram pouquitos pouquitos!!!
Os andebolistas que conheces presumo que sejam da Juve??

ah prémio à vista...
Bjs

Hannah disse...

Eu adoro o Miguel Sousa Tavares...
Gosto de ler o que escreves porque "sinto" a mensagem que pretendes transmitir... Temos Mulher com M grande, a falar de assuntos que geralmente são abordados pelos homens, o que é ainda mais fascinante.
Adoro a tua atitude :D
Bjinhos miga

Casper disse...

Os chamados "homens do poder" deixam-me perplexo...
Também adoro desporto e o que se passa no nosso país dá vontade de dizer umas verdades, tens toda a razão!
Mas lá está, tem que haver alguma razão para quase NUNCA os atletas portugueses terem qualquer hipótese com os atletas estrangeiros!
Seremos assim tão maus fisicamente?!
Bravos, é o que acabamos por ser!

Estádios, falaste tu?!
e falaste muito bem!
Milhões e milhões gastos sem qualquer necessidade!
Mas está bem, somos um país riquíssimo!!!!

E fora o desporto, na política é igual ou pior!
Que bonito, fomos comprar uns submarinos que andamos todos nós, Zé Povinhos, a pagar o resto da vida (literalmente)!
Mas compreende-se, é que fazem muita, mas muita falta!
Talvez para jogar à batalha naval em grande escala!
Mas há mais, muito mais!
Forças Armadas, cortes abruptos nos orçamentos!
Sistema de saúde equiparado à ADSE, ou seja, para pior, menos regalias e etc!
Tudo isto ao mesmo tempo que os Sr's Generais andam a renovar a frota automóvel!
Mas coitados, os Audi A6 e os grandes Volkswagens que lhes são atribuidos já têm dois anitos...

Oh pá, isto dá-me uns nervos, só tenho pena de não conseguir expressar a minha indignação por aqui!
Porcaria de gente "venha a nós" e o resto que se trame!

Olha, um beijo para ti

Cristina disse...

Sol da meia noite, é exactamente isso... depois de ganharem uma medalha, é que estes homens e mulheres que se treinam até à exaustão SEM CONDIÇÕES, é que lhes é dado o devido valor. Infelizmente, não acontece só no Desporto.

Horas, é exactamente isso...

Daniela, eram mesmo. Infelizmente, com o passar dos anos, o contacto foi-se perdendo.

Hannah, muito obrigada. Gosto de Desporto e há situações que me dão a volta ao estômago.

Casper, bem-vindo ao Estrelices. Pois, o meu blog não tem qualquer expressão a nível de influência pública, mas se tivesse, garanto que as nossas reclamações teriam eco em alguém. Estamos em sintonia no que toca a concordar que não é só no Desporto que acontecem estas situações lamentáveis. E nem precisamos de puxar o assunto para uma escala nacional, basta olharmos para a esquina das nossas casas e apontar 500 injustiças.

Beijooooossss para todos.

Tiago disse...

e a minha camisa preta continua com pelo vermelho... tou na brinca
por acaso é bastante lamentavel o que se está a passar actualmente no nosso país, mas maninha, vou-te dar uma boa noticia, o Dr. Laurentino Dias, vai encontrar-se este fim de semana na Batalha, podes dar-lhe nas orelhas :)
beijinhos, vamos fazer sucesso :)

Cristina disse...

Tiaguinho, o pior é que por mais que lhe "dêem nas orelhas", nada há a fazer, porque simplesmente "valores mais altos se levantam".

Tiago disse...

bem, eu tenho 1.75M sera que os valores são mais altos ainda?? :P

Joni G disse...

Acho que tens toda a razão na questão dos apoios que não são dados aos desportos, fora o futebol.
Mas acho que esse problema não vem só dessas politiquices, mas tb de nós. Dou o exemplo do que está a acontecer com o futsal. No início pouca projecção tinha, mas com a aderência ao desporto e ao número de pessoas que assistiam nos pavilhões ou nos poucos jogos que passavam na sporttv tem vindo a crescer... e à uns dias li que iam ser transmitidos nao sei quantos jogos esta época na televisão. É uma boa evolução.. mas so foi possível devido à aderencia das pessoas ao futsal.
Se a mentalidade nao for apenas de futebol futebol futebol, e nós nos interessarmos por outros desportos, secalhar em pouco tempo começamos a dar importância ao andebol, atletismo.... ao europeu de basket por exemplo, que é vergonhoso o tão pouco que se fala dele, com uma participação positiva.
É claro que os apoios ajudariam bastante... mas tem que haver uma predisposição da nossa parte para aceitar e interessarmo-nos pelos outros desportos.
Beijinhos, bom blog.

Lord of Erewhon disse...

É o que acontece quando se abandona um país a bandalhos e a ladrões.

Dark kiss.

Isabel disse...

É triste ter que haver pessoas, como tu, para alertarem para injustiças como estas. mas, mais triste ainda é vermos que não se ficam pelo atletismo.
Notariedade é, somente, para o desporto que faz movimentar milhões... Onde é que ouvimos falar das nossas selecções de rugby ou de basket?

Vamos curtir o fim de semana que no ínicio da próxima novas "pérolas" virão, certamente...

Bjnh

veritas disse...

Olá Cristina!

Relaxa e descontrai-te.
Passei para te desejar um excelente fim-de-semana.

Bjs.

Afonso disse...

Olá!! Vim dizer que quanto ao coment que me fizeste sobre a playstation não podia estar mais de acordo. Ainda por cima porque o senti na pele!!!
Convido-te a passares no meu blog das fotos.

Até breve . . .

bono_poetry disse...

ola cristina somos um pais pequenino...como tal a mentalidade e visao daqueles que escolhemos para nos gerirem...(sim porque eles sao gestores da maior empresa do nosso pais que somos tds nos...) reflecte um pouco o estado actual das coisas em portugal...analisa bem...desde sempre que os nossos (escolhidos)ministros...secretarios...acessores...bla bla bla ...sao tds gestores de segunda...desculpe a quem se sentir ofendido...nao vou falar de nomes..mas nenhum deles conseguiu por merito estar numa grande empresa privada...sabem porque?so vao para la os melhores...infelizmente ficamos com aqueles que nao muitas garantias...sem quere beliscar mais a fragil imagem do nosso ministro..que ate simpatizo...acho o tipo ate simpatico..e tal..mas simpatia nao e sinonimo de competencia...well um dia eu continuo..tou atrasado..eu trabalho fora do estado.-...hehehehe..eu volto

Cristina disse...

Tiago, lol

Joni g, obrigada pela visita. Realmente, a transmissão televisiva do futsal pode ser uma prancha de lançamento para a modalidade. Engraçado... este fim-de-semana falei imenso sobre o assunto.

Lord of erewhon, obrigada pela visita. O "problema" é que somos nós, cidadãos, que pomos essas pessoas no poder. Infelizmente, são todos iguais.

Isabel, cada qual puxa a brasa à sua sardinha. E considero o Desporto a minha "sardinha" :) Com as mais recentes exibições dos Lobos e da selecção de basquetebol, e na transmissão televisiva do futsal, como já referi, pode ser que as coisas mudem um bocadinho.

Veritas, muito e muito obrigada... :)

Bono_poetry, muito obrigada pela visita. Tens toda a razão... também simpatizo com o nosso 1.º Ministro e por estranho que pareça não consigo "culpá-lo" de determinadas irregularidades que vivemos. Porque há coisas que vêm de trás.

Manuel disse...

É verdade que o Nélson Évora aproveitou o momento em que a sua voz foi bem mais ouvida e em que ganhou mais poder.

E fê-lo bem...

Beijinho Cristina

João Cordeiro disse...

Tenho pena que não possas ... mas

Um beijo

Cristina disse...

Manuel, o Nélson fez o que qualquer pessoa faria no seu lugar: reclamar melhores condições.

João, também lamento...

Beijos a ambos!

Lusófona disse...

É lamentável que muitos talentos tenham que sair de seus países para serem apoiados, patrocinados e reconhecidos....

Beijinhos linda e um feliz fim de semana

 

(c)2009 Estrelices. Based in Wordpress by wpthemesfree Created by Templates for Blogger