9 de outubro de 2007

Músiquinha para alegrar o dia

Por manifesta falta de inspiração, não tenho postado nadinha. Gosto do meu bloguinho, gostava de postar umas coisas intelectualmente estimulantes (ou então não), mas ultimamente tenho andado fraquinha do miolo. Por isso, e para suprir esta minha falha, vou colocar o vídeo de uma música dos "Donna Maria". Gosto deles. Da sonoridade e das letras que são lindíssimas. Esta não é de todo a minha favorita, mas é igualmente bonita.

11 estrelinhas:

Daniela disse...

Opáaaaa arrghhhh... xixa penico... não consigo ver o youtube!!! M$%&*

Ok... respirar fundo... 1...2...3...

beijo linda ;)

Nocas Verde disse...

E porque é que deverá ser intelectualmente não-sei-quê?

É só ir vertendo a alma... ou talvez não

Deste lado da vida, um dia dia uma estrela disse-me que ascoisas boas da vida não são sempre bonitas, inteligentes, agradáveis, estimulantes ou sequer cativantes

São o que são
para nós
nessa altura

Capitão-Mor disse...

Uma excelente revelação!

Cristina disse...

Dani, ohhhhh... a música é tão bonita... mas já não és a primeira a queixares-te! :(

Nocas Verde... bem-vinda. É o que costumo fazer, mas nestes últimos dias tenho-me sentido burrinha de todo :D

Capitão... são óptimos. E como tinha prometido a mim mesma, começar a ouvir boa música, acho que é uma boa escolha.

Beijinhos aos 3...

Lusófona disse...

Sabe bem ouvir essa música =o)

Quanto as inspirações para a escrita, é só nos compensar quando estiveres fora, e postar todo as as aventuras..lol

Beijokas

João Cordeiro disse...

Não consigo ver, nem ouvir... mas li e compreendo-te.
Todos nós tmos momentos desses...
Eu por vezes não consigo escrever uma frase.
Bem, agora consegui...

;-)

Beijinhos

SinemaS disse...

Acho que acontece a todos... é só um fase, vais ver. Se hoje não escreves, amanhã já estarás pronta para o fazer.
É um vaivem e se reflectires bem verás que tudo tem a ver com a fase que ultrapassas neste momento na tua vida.

Qt ao resto, sou sincero, não conhecia os Donna Maria e pareceu-me bem bastante porreiro: o elixir do descanso.

bjs

SinemaS disse...

P.s.:(Lembrei-me agora)
Por vezes é melhor não dizer nada e estar bem caladinho do que andar como eu a dizer babuseiras e porcarias sem sentido nenhum.
:)****

Cristina disse...

Lusófona... já estou a tratar disso :)

João, no teu caso, deve ser bem complicado ter brancas...

Sinemas, as tuas baboseiras
são sempre bem recebidas... e por acaso, já me passou. Ando a precisar de descansar; deve ser esse o problema.

Um beijoooooo aos 3

SunGod disse...

pois... a culpa não pode ser sempre da maldita da inspiração nem das musas que a acompanham... ou algo assim.

Pessoalmente, e isto não é propriamente algo k mostre ou deixe transparecer assim ás primeiras sou mais dado aos chamados "textos filosofico-deprimentes" (inventei agora).como tal sou mais dado aos escritos (ou desabafos como gosto de lhes chamar) de teor introspectivo que, por experiência pessoal, dão um jeitão quando nos sentimos perdidos ou à procura de alguma resposta, porque são palavras que nos saem da alma, sem o peso dos sentimentos, sem a censura da sociedade, são nossos, de nós para nós, pessoais e intransmissíveis.

Quem, a dada altura da sua vida, não teve um diário? Eu sei que já tive, e até quando as vezes dou por mim a desfolhear aquelas folhas rabiscadas com uma letra quase imperceptivel (nem um médico conseguia garanto-vos) sinto-me tão bem que por vezes, no silencio do meu quarto, dou por mim a auto-insultar-me por ser tao deprimente em determinadas alturas.
Ouve uma altura que alguem me disse que eu era demasiado negativo para certas coisas. Para variar tinha razão.

e tudo isto (sim o gajo escreve sempre testamentos) para te dizer que momentos como esses vêm e vão tão depressa como vieram e após tudo isto olhas para ti e dizes: "tontinha, já viste o tempo que perdeste com essa neura?" Depois sorris e vais à tua vida

Um beijo muito muito grande :*

Cristina disse...

Sungod... acho que conheço a pessoa que te disse isso. E isto não era bem uma neura... era mais... como explicar? Uma falha de comunicação entre aquilo que penso e aquilo que consigo escrever/dizer. Sabes o que é dares por ti a tentar escrever uma palavra e nem sequer a conseguires pronunciar?! Era isso... ando intelectualmente pouco estimulada. Preciso de desafios.

 

(c)2009 Estrelices. Based in Wordpress by wpthemesfree Created by Templates for Blogger