5 de março de 2009

Sabemos que está na altura de mudar de casa, quando...

... o nosso pai quer saber tudo sobre nós, inclusivamente, a data das nossas consultas ao ginecologista (o ginecologista é meu e não o vou partilhar!!)

... numa manhã, um dos progenitores diz "Estavas ao telemóvel ontem à noite"? (e??? qual é o problema?)

... a última recomendação do dia é "Não te deites tarde". (sim... 00h00 é tardíssimo)

... ao aviso de que vou beber café, alguém diz "Agora??? Olha, que amanhã vais trabalhar" (eu sei. e por muitos cafés que beba, nunca cheguei atrasada)

... depois de um dia de trabalho stressante, chego a casa, com vontade de me enfiar dentro da banheira e um deles me recebe com um entusiasmante "Olhaaaaa... afinal ainda sabes onde é que vives" (antes não soubesse)

... me telefonam de hora a hora a perguntar quando vou para casa, depois de ter avisado 10 vezes que ia chegar mais tarde (vou. quando tiver a edição fechada, boa?)

16 estrelinhas:

entremares disse...

e ainda quando perguntam:

... e olha lá, tu já reparaste bem no aspecto daquele teu amigo que trouxeste ontem cá para casa ?

... isto são horas de chegares para almoçar ? Achas que isto aqui é um hotel, ou quê ?

Enfim... haveria mais "pérolas" como estas, mas isto era só eu a puxar das minhas próprias memórias...

SmS disse...

Pois...está mesmo na hora

ehehe

mik@ disse...

como eu te compreendo... tb sinto essa necessidade de sair daqui e ter a minha independência
beijinhos

Frutinha disse...

Loool.
As vezes tambem me dá vontade de sair de casa dos papas so para ter o meu cantinho.
O que vale é que tens sentido de humor pa coisa ihih

LoiS disse...

Os nossos pais são o melhor do mundo, acredita.

No entanto, concordo contigo, seria incapaz de voltar ao lar, ou pelo menos não me aguentaria muito tempo por lá!

Bjs

Nitrox disse...

Tens razão. Embora eu tenha vivido toda a minha vida sozinho, quer dizer até aos 6 anos ainda tive casa e pais, depois com o nascimento da minha irmã fui internado num colégio interno, quando de lá saí era um estranho e aos 17 anos estava a viver sozinho em Lisboa.

Até que gostava de ter tido algum controlo e de me ter chateado como tu estás.

Betsie Zombie (Vanessa) disse...

hahaahah, isso também acontece-me! infelizmente, não posso sair..pq..ainda sou menos e os familiares mais perto daqui era em Lisboa! x/
daqui a um ano e meio tou fora! amén!

SunGod disse...

entre outras coisas... fora essas! mas esse "trauma" é geral...o importante é saber educar os pais, alguns sabem-no e têm sorte, outros nem por isso e ficam agarrados como se tivessem 16 anos para sempre...e não venha a bela da justificação que é por ser rapariga que já nao cola :D
a mim por exemplo nunca me chatearam por chegar a estas ou outras horas, nunca me fizeram marcação por telefone ou outras que tais...a não ser horas de almoço e jantar, quando não aviso...mas isso é compreensivel :P

Cristina disse...

Entremares, quanto a levar gente lá a casa... fora de questão. Só em último recurso, ou quando tenho a certeza que a passagem vai ser de segundos ;)

SmS, nem sabes o quanto... humf! :s

Mik@, nem é tanto para manifestar oficialmente a tal da independência. É ter o meu canto. A minha vida :)

Frutinha, valha-me isso :D

LoiS, não meto isso em causa. Adoro os meus pais. Mas tenho 26 anos e, não te esqueças, os passarinhos são obrigados a voar do ninho :)

Nitrox, a tua infância foi completamente diferente da minha. As duas situações não têm qualquer comparação. Sempre vivi com os meus pais, tenho toda a minha família (avó, primos, tios, padrinho...) num raio de 300 metros. Não posso dar um passo, sem que toda a gente saiba que o dou. E passo pelo ridículo de ter de justificar todas as minhas saídas. Viver com os pais tem tanto de bom, como de sufocante :S

Betsie, já disse lá em cima que viver com os pais tem vantagens estrondosas. Mas não dês graças por saíres de casa, porque vais ter outras dificuldades e, acredita, vais desejar voltar para o regaço da mãe :)

Beijoooossss

sessaoexperimental disse...

e agora uma novidade...com o passar dos anos eles ainda pioram!!! ahahahhaha ;)

bjinho :D

Cristina disse...

Sungod, conheces os meus antecedentes :P

Calvin, babe... já tremo só de pensar... damn! :D

Beijoooosss

Cor do Sol disse...

Felzimente os meus chateiam-me pouco e apesar de já sentir falta do meu espaço, estou muito bem debaixo da asa deles :)


Beijo

Nitrox disse...

Acredito, só que desabafei pois estou numa daquelas fases um pouco mais depressivas.

Deve ser um pouco stressante viver assim também.

Mas será que os pais são 8 ou 80, pelo menos os das nossas gerações?

Sadeek disse...

Ainda assim!? :S

BEIJOOOOOOOOOOOOOOO

SunGod disse...

pois...precisamente por saber dos teus antecedentes...:P

Dreamer disse...

Ó como eu te entendo!!!!Ehehehehe!!!!O que vale é que estou quase... mas confesso que de certeza que vou ter saudades!!

 

(c)2009 Estrelices. Based in Wordpress by wpthemesfree Created by Templates for Blogger