1 de março de 2009

O bem da alma

Por muitas vezes tenho dito que o meu estado de espírito depende, em muito, do tempo que se faz sentir na rua. Aguento muito melhor um dia frio, mas com um motivante raio de sol do que a chuva fria e o céu cinzentão.

Choveu muito este Inverno. E nunca me senti tão em baixo como nessas semanas.

Depois veio o sol. Algum calor, que prometia uma Primavera adiantada. Mas, hoje... voltou a chover. Não pude ir ler para a varanda, estava com frio e algo rabugenta. Fui cozinhar durante a tarde, à falta de melhor programa.

Fiz um bolo e também fiz desaparecer metade dele. A chuva provoca-me instintos homicidas, por isso concentrar as minhas energias em bater massa e evitar que o bolo se queimasse foi, definitivamente, o melhor a fazer.

Venha de novo o sol. O calor. Os dias em que me distraio com um passeio, com umas horas de leitura, esticada na varanda como um gato... uma gata, no meu caso.

Venham a Primavera, os passarinhos, o céu azul e o pó dos pinheiros. Venham os dias mais compridos e que me deixam feliz.

5 estrelinhas:

Rapariga do Batom Vermelho disse...

Onde posso assinar?:P *

Sadeek disse...

O que tu queres sei eu!!! Passarinhos...pois pois... :D

Nuno disse...

Felizmente, o meu comportamento não está dependente do estado do tempo. Mas por ti, espero que esteja sempre sol! :)

Beijinhos,
Nuno.

Cristina disse...

Rapariga, aqui mesmo :)

Sadeek, não acreditas na pureza dos meus pensamentos? ;)

Nuno, também não me importava. E que se apagasse apenas quando fosse dormir :)

Beijoooosss

Frutinha disse...

Ai como te compreendo!!! que venha a primavera... o po dos pinheiros é que não é preciso.

 

(c)2009 Estrelices. Based in Wordpress by wpthemesfree Created by Templates for Blogger