14 de junho de 2007

Leituras

Gosto de ler e ponto final. Desde que me lembro de mim enquanto gente, sempre tive livros em casa. A minha mãe insistia para que eu lesse e nunca foi sacrifício para mim ler as obras obrigatórias da secundária. Quando ando a passear pelo Hi5 e afins, a primeira coisa em que reparo nas pessoas é na lista dos livros favoritos. Gosto de saber do que gostam, gosto de saber se têm interesses semelhantes aos meus...

A que propósito vem esta conversa? No local onde trabalho está a decorrer uma Feira do Livro. Tem imensas obras que gostava de possuir, tem oferta que nunca mais acaba, tem livros para todos os escalões etários... mas não vende! Pensei que, com alguma publicidade, as pessoas se mostrassem interessadas em visitar esta Feira. A publicidade foi feita, mas não aparecesse ninguém... não me afecta, minimamente, que a livraria não venda; o que me afecta é o alheamento das populações em relação aos livros. Será que já não existe aquela magia de abrir um livro novo, passar as mãos pelas folhas lisinhas, cheirar o livro e deixarmo-nos absorver pelo seu conteúdo?

Neste momento, tenho uns quantos livros em "stand-by" na mesa-de-cabeceira: "O Nome da Rosa" de Umberto Eco (comprei-o porque sempre tive curiosidade em explorar Eco e não fui defraudada... o livro está a ser óptimo!), "O Retrato de Dorian Gray" de Oscar Wilde (sugestão de um amigo... adorou, recomendou-mo e quando o vi, não hesitei em puxar da carteira.), "Diário de um Serial Killer Sentimental", de Luis Sepúlveda (já li quatro livros deste senhor e adorei... e o nome é sugestivo!), "O Pavilhão de Jade" de Konsalik (bem... um Escritor com "E" maiúsculo!), "Avenida Paulista" de João Pereira Coutinho (um livro de crónicas que alguém "publicitou" no blog e que não descansei enquanto não encontrei) e "O Clube das Sobreviventes" de Lisa Gardner... e acho que é só!! Não tenho tido muito tempo para ler, infelizmente!! Mas nas férias, a vingança será terrível!

25 estrelinhas:

Ele há horas assim... disse...

Faz-me alguma confusão estar a ler mais do que um livro ao mesmo tempo, mas de facto, há muita gente a fazer isso. Se fizesse isso, dá-me a ideia que confundia os personagens, as histórias, a mensagem que se quer passar. Misturava tudo, ficava totalmente confundido...mas isso sou só eu!!
:-)
Infelizmente o hábito de leitura continua a não ser adoptado pela maior parte dos portugueses, embora se regitem algumas melhorias. A fraca adesão a essa feira do livro que mencionas neste post é sintomático disso. É triste, mas é mais uma dessas realidades nacionais...esperemos que a tendência mude nos próximos aos, para bem das gerações mais jovens...
Beijinho, bom resto de semana e já agora bom fds.
;-)

Ele há horas assim... disse...

Pois...e com isto tudo esqueci-me de te dizer qual o livro que estoua ler agora...
É "A Filha do Capitão" do José Rodrigues dos Santos. Estou a gostar bastante. A seguir, devo escolher o "Codex 632" do mesmo autor ou então, "A Fórmula de Deus".
Beijinho
;-)

Cristina disse...

Oi Horas... não estou a ler todos ao mesmo tempo. Estou a ler o do Umberto Eco; os outros continuam à minha espera. Estás a gostar d' "A Filha do Capitão"? Ouvi dizer que é do mesmo género que "Equador" do Miguel Sousa Tavares (que adorei!!). Tenho o "Codex 632" e também gostei muito :)

Beijinhos e bom fim-de-semana

mtheman disse...

já li todos os do rodrigues dos santos incluindo a ilha das trevas...

agora ando a ler o pássaro de corda do Haruki Murakami...

cris, deves ter uma mesa de cabeceira muito grande :) é quase uma biblioteca :)

p.s. ainda não falei com a minha mãe acerca ca colónia de férias

Cristina disse...

Mtheman, o meu quarto parece um cenário de guerra em versão mais reduzida... a minha mesa-de-cabeceira está indescrítivel: além de 2 livros e dos telemóveis (sim, tenho 2!), tenho o gravador, CD's, uma garrafa de água, agenda, esferográfica, credencial de imprensa para entrar no estádio de Leiria e os talões do multibanco. Chega-te??

Esse que estás a ler, é japonês? Estás a gostar? Nunca li nada oriental...

Combinamos para este Verão um mergulho na piscina da Colónia?? hehe

Beijo

Moinante disse...

Ler sofregamente é o lema também cá deste lado .

Um beijo orvalhado pela brandura da serra .

Rui disse...

Infelizmente tenho pouco hábito de leitura. Alguma preguiça, se calhar.

Eu quando passeio pelo Hi5, a primeira coisa em que reparo é nas músicas favoritas... ;)

Beijo

Jardim Proibido disse...

Há quem diga que sem leitura não se cresce. E eu concordo.
Beijinho.

Cristina disse...

Moinante... há uma frase que eu adoro e que li num daqueles marcadores de livros que nos oferecem e que dizia o seguinte: "Sempre imaginei que o paraíso fosse uma espécie de livraria". A frase é de Jorge Luís Borges. Acho que resume o meu fascínio pelos livros. Ainda bem que contigo se passa o mesmo...

Rui... as músicas são o meu 2.º interesse no Hi5. Já cantava o Rui Veloso "não se ama alguém que não ouve a mesma canção". Essa "preguiça" que falas é geral. Mas não te preocupes... há solução! Promete-me que na próxima Feira do Livro da tua cidade, vais lá passear um bocadito entre as bancadas! :)

Cristina disse...

Jardim Proibido... também concordo. Há algum tempo que não passo no teu cantinho, mas não me esqueço de ti :)

Beijinhos grandes

pe.cl disse...

Ler...ler...ler... eu passava a minha vida a ler... se pudesse...

Leio - naturalmente - muitos livros referentes ao meu "múnus" sacerdotal...

Leio alguns livres de temas relacionados com os problemas da juventude para os perceber (e a mim também) um pouco melhor e para tentar ir de encontro às suas necessidades, dado que sou professor de Moral...

Leio também algo para me distrair, neste momento estou a ler "Cem anos de Solidão" de Gabriel Garcia Marques.

Quando pego num livro não o largo até encontar o final...

Beijinhos no coração.

Afonso disse...

Não tenho tido tempo para ler. Com dois exames à porta o tempo parece que foge.

Espero que nas férias tenha mais tempo mas, nessa altura, também estarei ocupado a fotografar. Logo se verá.

Até breve . . .

Fénix disse...

Boa ideia Cristina... Espero que o convite também se estenda à cara metade do mtheman :)

PS: A mesa de cabeceira dele também parece saída de um cenário de guerra

Cristina disse...

Pe. Cl, sou igualzinha. Quando começo um livro, só descanso quando o acabo. Durante 4 anos não consegui ler mais nada senão os livros (e calhamaços) referentes ao meu curso. Desde que estou licenciada, dediquei-me um pouco mais a este meu pequeno prazer.

Afonso, todos temos os nossos hobbies. E pelo que já vi das tuas fotos... continua por muito tempo. Gostava de ter o teu jeitinho para captar.

Fénix, és namorada do Mtheman? Bem-vinda! Claro que sim... quanto mais pessoas melhor!

Bom fim-de-semana a todos!! E beijinhhos grandes

Jade disse...

Estava a ler os comentários e a identificar-me com muitas das coisas ditas. Também eu acho que o paraíso podia perfeitamente ser uma livraria ou uma biblioteca e também concordo com a frase do Rui Veloso « não se ama alguém que não ouve a mesma canção» eu diria mesmo que não canta a mesma canção.
Relativamente a algumas sugestões apresentadas, aconselho A Formúla de Deus que considero superior ao Codex (o Codex perde-se em muitos pormenores históricos não acessíveis a todos)
Beijinhos!

Isabel disse...

Ler é saborear, lentamente, a doçura das palavras.
Não passo sem os meus livros; apesar de, ultimamente, as leituras andarem um pouco descuidadas. Não por falta de vontade mas, por falta de tempo.

Bjt

Afonso disse...

Vem mesmo a calhar com este post. Deixei-te um desafio no meu blog.

Até breve . . .

Moinante disse...

Convido-te a visitar a minha humilde gruta , pois tens uma pintura rupestre à tua espera .

Danilo Mattos disse...

Eu queria ler as crónicas do João Pereira Coutinho. Só vi algumas, por acaso, na folha. Muito boas diga-se. O problema é: Nunca encontro.

(Uma ótima semana pra você. Beijos)

Fénix disse...

Alô Cristina!!!

Gostei muito do teu blog e da excelente selecção de livros que fizeste!! Adorei "O Nome da Rosa" e sou leitora assídua do Konsalik. Ainda não li o Diário de um Serial Killer Sentimental mas está na minha lista de livros a ler.

Beijinhos

PS: já passei a fase de namorada... agora é mulher mesmo ;)

Cristina disse...

Jade, vou registar. Estava indecisa entre esse e "A Filha do Capitão".

Isabel, como eu compreendo... tenho lido uma média de duas páginas por dia. Pouquíssimo, tendo em conta que sempre fui capaz de ler 1 livro em cada 2 dias.

Afonso, aceitarei com todo o gosto... só tenho de organizar as minhas últimas leituras!

Danilo, já li umas quantas crónicas dele. Ainda não li o livro todo, apenas os textos com o título mais apelativo, mas tenho que tirar um tempinho para os ler todinhos.

Fénix, também gosto imenso de Konsalik... tenho uns quantos livros dele e não me canso de os (re)ler. Desculpa-me, tenho o terrível hábito de julgar toda a gente solteira, até que se prove o contrário ;)

Voltem sempre!!!

João Cordeiro disse...

Querida amiga obrigada pelo carinho demonstrado.
O meu pai já se encontra em casa.
Passei e estou a passar uma fase muito complicada da minha vida.
Embora julgue que a amizade não se agradece, o meu reconhecimento.

Então e o meu ??
:-(((((

Cristina disse...

João, por favor, não é preciso agardecer absolutamente nada.
Quanto ao livro... err... pois... eu sei que é uma falha da minha parte ter alguém "próximo" que escreveu um livro e eu não ter essa publicação. As minhas desculpas! Assim que puder, corrijo essa gaffe :)

João Cordeiro disse...

Querida Cristina eu estava a brincar :)
Mas, se o desejares terei todo o gosto em te fazer uma dedicatória.


Beijinho sonhador

João Cordeiro disse...

Certamente que não. Terei todo o gosto em to autografar, se realmente o quizeres ler...

Beijo

 

(c)2009 Estrelices. Based in Wordpress by wpthemesfree Created by Templates for Blogger