20 de abril de 2009

Que querem os homens afinal de contas?

De novo, este blogue vai parecer uma coluna saída do 'Sex and the City'. Muito aqui se tem falado de relações e de comportamentos femininos. Ainda não foi abordado o outro lado da barricada. 

Hoje, vi um episódio da 5.ª temporada do 'Dr. House'. Neste episódio, a Cuddy instalou-se, literalmente, na vida do House. Aparentemente, já trocaram uns beijos, sendo que aquela tensão sexual que existe entre os dois, está agora multiplicada por mil. 

A dado instante, eles estão separados por milímetros. Ela diz qualquer coisa como "agora é a altura em que nos devíamos beijar". A resposta do cromo, acompanhada de um apalpão no peito, foi "já fizemos isso. Este pareceu-me o passo mais lógico". Ela afastou-se, decepcionada.

Minutos à frente, ele encena um verdadeiro teatrinho com uma actriz loura, contratada por ele próprio para dar a impressão de estarem envolvidos.  A Cuddy viu, obviamente. 

A questão que coloco é: que medo é este de se envolverem, quando gostam de alguém? Afinal, o que querem os homens? 

(antes de ser apedrejada... todo o post foi escrito sob a égide da cena da série!! São perguntas baseadas numa série televisiva.)

15 estrelinhas:

Miguel F. Carvalho disse...

acho que os homens não querem ser comparados com o Dr. House... lol lol

acho que queremos o mesmo que vocês... o problema é que se calhar a sensibilidade de expressão que vocês têm...

Cristina disse...

Miguel, fogo, outro tiro ao lado. Pensei que gostassem de ser comparados a uma personagem brilhante e charmosa :)

Deixa-me adivinhar o que ias dizer. A sensibilidade de expressão que temos complica tudo... e que as relações não são tão lineares assim. Acertei?!

Beijo

M disse...

Cristina, pela minha experiência, os homens não têm mais medo do que as mulheres... Sendo que cada caso é um caso e, sobretudo em questões destas, não se pode generalizar, penso que os homens até decidem mais rapidamente que querem... Respeito sempre as dúvidas, mas acho que quando querem... Querem mesmo.

Cristina disse...

M, não quero generalizar; por isso é que descrevi aquela cena em específico.

O que quero dizer é que já se falou tanto em "medo" ou "receio" de relações da parte de homens, que gostava de compreender melhor.

Não conheço os homens assim tão bem e metê-los a todos no mesmo saco, seria o princípio do fim :))

Beijooo

Abobrinha disse...

Um dia destes disse a uma amiga que anda meio mundo a enganar meio mundo. A outra disse que anda para aí muita canalha (leia-se: gajos). As duas coisas combinadas na mesma pessoa são explosivas!

Não acredito que as pessoas tenham medo de se comprometer. Acredito sim que não se queiram comprometer com um(a) porque perdem todos os outros (ou outras, conforme). No pior caso, nem disso têm medo e andam a comer de dois cestos enquanto fazem promessas suficientes para manter alguém interessado. E inventam (desculpa a palavra, mas tem que ser) merdas como não quererem compromissos ou terem medo de amar. Ter medo de amar???? Desculpa, isso faz sentido onde e porquê exactamente???

Em resumo, há quem se faça mais complexo do que aquilo que é. House incluído! Sim, o House é emocionalmente um palerma! E há quem queira o que não pode ter, ou seja, que se sinta atraído por quem os trata mal e não os quer.

Posso parecer desencantada, mas não estou. Estou sim é com falta de paciência para certas pessoas e atitudes e canalhices. As coisas são simples e eu já me cruzei com pessoas simples suficientes para o saber. Daí que tenha fé que haja outras pessoas simples por aí. E sobretudo pessoas honestas, que não se fazem passar pelo que não são.

Desculpa o testamento, mas é daquelas coisas que me saiu de um só fôlego...

Metade de Meio Litro disse...

É claro que o House é uma personagem brilhante, tem é um defeito enorme, mau feitio e nenhum homem gosta de comparações com tipos de mau feitio.

No que concerne à questão, concordo com o Miguel, queremos o mesmo que voçês, temos é formas diferentes de o demonstrar, caminhos distintos para atingir o mesmo objectivo.

SmS disse...

Pois concordo com quem disse que os homens, por regra, têm mt mais medo que as mulheres

Eles tb n sabem o que querem..e qd sabem...fogem

:)

Sadeek disse...

Bem....antes de mais não quero ser coxo. Também não quero aquele carácter irrascivel. No entanto apalpar mamas parece-me boa ideia, assim de repente!!! ;)

Como diria o do filme, menina Cristina, "Carneiro amigo....andamos todos ao mesmo..."

BEIJOOOOOOOOOOOO

paulo disse...

olá cris :)
Não tentem compreende-lo (Dr. House)... O homem em si é mistério:):|.


beijinhos e abraços

SinemaS disse...

É pura ficção. Na realidade, se o homem gosta dela nem hesita... se não gosta foge... Ou isso ou gosta de fazer-se difícil, coisa que normalmente quem gosta desse tipo de coisa são as mulheres... só depois de muito jogo de cintura, de gato e rato, toque e foge é que se rendem e revelam os sentimentos.

Betsie Zombie [Vanessa] disse...

huahah
pois, isso realmente já vi algumas vezes acontecer na vida real.
enfim...e faço a mesma pergunta.

NI disse...

Com a experiência que os 44 anos me dão posso assegurar que em matéria de afectos e emoções, os homens são bem mais complicados que as mulheres.

Agora, na hora de fugir.... aí é um "Vê se te avias", ahahahahah

Beijo

sessaoexperimental disse...

Sinceramente....qual o mal do apalpão?...ahahah.....pq é que as gajas não levam como um elogio...bahhhh...."já demos um bj e tal...e que tal agora uma mamoca?" tsssssss

qt ao resto..cada cabeça sua sentença....podem inventar 1001 teorias pq um faz assim ou faz assado...que nunca se irá chegar a qq conclusão

bjinho ;)

Djinn disse...

Pois existem inúmeras situações, mas uma coisa é quase certa, os homens de facto utilizam uma série de desculpas quando não estão interessados numa mulher, ou melhor quando não estão «assim tão interessados» ao ponto de quererem assumir uma relação.
As desculpas são muitas, e se formos suficientemente pragmáticas verificamos que quando um homem quer ou está de facto interessado, não existem coisas como não estar preparado para assumir e afins...
Muitas vezes nós não queremos ver os sinais...mas eles estão lá..
Tenho que concordar com a Abobrinha, o resto é música!
Digamos que não estou de todo desencantada, mas q me tornei muito lúcida nestes assuntos!

Maryposa disse...

ora bem, ja vi os episodios seguintes e continuam no mesmo rame rame... o prob dos homens? nepia, n sei, n desvendei ainda esse mistério. quando descobrires avisa!! :)

bjs

 

(c)2009 Estrelices. Based in Wordpress by wpthemesfree Created by Templates for Blogger