12 de julho de 2008

É o que dá a falta de tempo...

A escassez de tempo leva a que acumulemos "trabalho de casa". Hoje, consegui tirar um bocadinho para vir aqui escrever alguma coisa, visitar blogues, comentar outros e responder aos desafios propostos...

Comecemos... a Hannah, sempre generosa, criou um selo para os seus amigos. E não é preciso dizer mais do que isso. A Hannah tem um lugarzinho muito especial no meu coração e por mais vezes que mude de blogue, vou atrás dela... porque mesmo sem a conhecer, conquistou-me desde o primeiro segundo. Obrigada, amiga! Por seres como és!


O mais complicado vem agora. O Paulo, do blogue Felizes Juntos, propôs-me um desafio: descrever-me em seis palavras. E era suposto encontrar imagens para ilustrar as minhas escolhas, mas vou-me ficar apenas pela justificação. Paulo, espero que me perdoes por estar a dar uma 'volta diferente ao texto'.

Então...

Bom-humor: sou uma pessoa, por natureza, bem-humorada. Gosto de rir. De dar aquelas garagalhadas até doer a barriga e os músculos da cara. Gosto de estar com pessoas com bom astral. Toda a gente tem momento maus, e eu não sou de ferro: também os tenho, mas tento sempre encontrar qualquer coisa de positiva na minha vida, para voltar a animar. Não gosto de estar triste... cansa-me a beleza!

Ponderada:
vai parecer um contra-senso (já vão perceber). Os meus amigos... aqueles mesmo a sério... são mais velhos do que eu. Acho que, por isso, ganhei uma maturidade diferente. Desde a adolescência sempre procurei pensar nas coisas antes de embarcar em aventuras. Peso duas, três, quatro vezes os 'prós' e 'contras' em cada decisão que tenho de tomar. Pode ser bom, pode ser mau... depende!

Louca: sou uma maluca. E aqui está o tal do contra-senso. Se estiver com a 'pancada', a ponderação vai para o espaço e sou capaz de ir à Lua se me apetecer. Já fiz muitas coisas assim do 'pé-para-a-mão', felizmente nada correu mal. Sou de luas. Mas quem não é, certo?

Apaixonada: por tudo. Pela vida, pela minha família (apesar de me meterem os cabelos em pé), pelos meus amigos, pela profissão que escolhi, pelos homens de quem gostei... é um karma que carrego: apaixono-me!!

Amiga:
considero-me uma boa amiga. Só estou tranquila quando sei que as pessoas em meu redor estão bem. Posso ser imensamente distraída, mas não me esqueço, nem por um segundo, das pessoas que amo. Posso estar dias (ou semanas) sem dizer nada, mas todos os dias me lembro dos meus amigos. O telemóvel 'dorme' na minha mesa-de-cabeceira, porque, posso a qualquer instante, receber uma chamada e atendo sempre.

Humilde: sou boa naquilo que faço, mas sei que tenho muito que aprender. Não quero parecer uma falsa modesta, mas creio que as coisas só se alcançam com esforço, dedicação e humildade. Não vale a pena "armarmo-nos aos cucos", porque há sempre alguém por trás de nós que sabe muito mais! E como já disse uma vez: prefiro mil vezes que critiquem o meu trabalho, porque sei que só assim posso melhorar.

11 estrelinhas:

sessaoexperimental disse...

sem palavras....é a estrelinha :D

bjinho ;)

mtheman disse...

muito bem, muito bem :)

em "grande" eheheehe :P

NI disse...

Não é por acaso que nos identificámos.


Beijos

Maryposa disse...

és uma linda :D :D

Paulo disse...

Antes de mais parabéns pelo prémio! E, Cristina, fizeste muito bem em dar a volta ao texto!
Do virtual que te conheço, já te tinha percebido o bom-humor! Graças a deus que assim és, ajuda imenso a aguentar!
Fiquei satisfeito por te saber equilibrada (ou ponderada), admirado com a maluquice :)), descansado com essa de seres apaixonada (ainda bem, quer dizer que fazes tudo com o corpo e a alma!) e fiel amiga. Quanto à humildade, sou exactamente como tu! Portanto, espero que tenha valido a pena o tempo que dedicaste ao desafio! Fiquei, pelo menos eu, a conhecer-te um pouco melhor.

um grande abraço

Miguel F. Carvalho disse...

"sou uma maluca" - isso define tudo... lol

Djinn disse...

É verdade a falta de tempo é um estigma da vida actual...
Mas na verdade acabamos sempre por encontrar tempo para aquilo e aqueles que são verdadeiramente importantes...

Alexandre disse...

Olá, conheci-te há ano e meio pessoalmente e é exactamente essa a ideia com que fiquei de ti, tal como te descreves, heheh! Engraçado, e o mais giro é definires-te como louca ponderada! Ainda bem que és «louca» e ponderada ao mesmo tempo! Que bom serias se todos fôssemos assim... ah, eu também sou!!!

Muitos beijinhos, Cristina!!!

Manuel disse...

mesmo conhecendo-te à distância não me surpreende q te encaixem de forma perfeita! És fantástica!

Vou estar ausente uns dias... e depois umas semanas...!! beijoo

Blue_@ngel disse...

E ficámos a conhecer um pouquinho mais de ti. :)

Beijinho grande.

Maryposa disse...

tas a demorar mto a escrever outra vez. cá para mim queres mais desafios... hmmm... vou pensar nisso...

 

(c)2009 Estrelices. Based in Wordpress by wpthemesfree Created by Templates for Blogger