25 de janeiro de 2007

Homenagem

O post de hoje é dedicado a uma das pessoas mais especiais da minha vida: o meu irmão.
Vou escrevê-lo só para ele.
Xano,
ainda me lembro da mãe andar grávida de ti. Lembro-me de estar sentada com ela na nossa sala e lhe pedir para me ensinar a tricotar uma camisola para ti. Obviamente, não saiu nada das minhas mãozinhas de 4 anos. Pensava que ia ter uma mana com quem brincar… mas, o tiro saiu-me pela culatra e no dia 26 de Janeiro de 1988, nasceu o bebé-rapaz.

Fiquei doente. Dores de cabeça, de garganta, de barriga, febre… sei lá mais o quê, qualquer coisa que só a Psicologia poderá explicar. Não queria um irmão… estava disposta a trocar-te por algumas moedas; mas quando chegaste a casa, na alcofinha amarela que a mãe comprara, queria-te só para mim. Nome para o recém nascido? Só tínhamos pensado em nomes de menina… a mãe queria João; o pai queria Tiago e eu queria Alexandre… ficaste Tiago Alexandre – já haviam 2 “Joões” na família.

Chorava contigo, ralhava com a mãe quando ela, por algum motivo, dizia “aiii… aquele rapaz!” – tu eras o meu bebé e ninguém tinha o direito de ralhar contigo! Para te visitar, qualquer pessoa teria de passar primeiro por mim… e só depois, sim… é que podia passar da ombreira da porta.

Xano, depois cresceste. Muitas discussões. Eras o meu irmão mais novo; claro que tínhamos de gritar um com o outro… fazia parte do crescimento (de ambos)!

O garoto gordinho continuava a crescer. E eu a assistir ao teu desenvolvimento. E a orgulhar-me de ti a cada dia que passava. As primeiras alegrias e tristezas, os primeiros triunfos e fracassos. As nossas conspirações e brincadeiras. As nossas partidas. Quando estiveste em França… semana de tormento. Quando vais de férias, conto os dias que faltam para voltares…
Fazes hoje 19 anos… e és o meu irmão querido.
Adoro-te, puto!!
Aqui está a minha prenda… uma pequena galeria de fotografias nossas.

2 estrelinhas:

Alexandre disse...

Bom, adorava que me fizessem uma homenagem assim. És uma boa irmã... e uma boa amiga... isso já eu tinha percebido!

Parabéns, neste caso, aos dois!!!

Beijokas!!! Um abraço ao teu irmão!

esfola gatos disse...

isso é verdade, irmãs como a minha exitem muito poucas, gosto mt dela e ela sabe disso melhor que ninguem.
mana... apanhaste-me mm de surpresa, sabes bem como fikei nesse dia, brigado por tudo. adoro-te mt :D
brigado Alexandre e abraço ;)

 

(c)2009 Estrelices. Based in Wordpress by wpthemesfree Created by Templates for Blogger