17 de janeiro de 2007

Espuma das Canções

Não queiras saber de mim...

"Não queiras saber de mim, esta noite não estou cá;
Quanto a tristeza bate, pior do que eu não há...
Fico fora de combate, como se chegasse ao fim;
Fico abaixo do tapete, afundado num serrim.
Não queiras saber de mim, porque eu estou que não me entendo,
Dança tu que eu fico assim.
Hoje eu não me recomendo.
Mas tu pões esse vestido, e voas até ao topo,
E fumas do meu cigarro, e bebes do meu copo.
Mas nem isso faz sentido, só agrava o meu estado,
Quanto mais brilha a tua luz, mais eu fico apagado…
Dança tu que eu fico assim, porque eu estou que não entendo,
Não queiras saber de mim
Hoje não me recomendo
Amanhã eu sei, já passa, mas agora estou assim,
Hoje perdi toda a graça, não queiras saber de mim..."

Carlos Tê/ Rui Veloso

É linda, não é? E a dupla Tê & Veloso são, simplesmente, mágicos...

2 estrelinhas:

Alexandre disse...

Ai, ai, há dias em que me sinto assim também... quando a auto-estima está por baixo... e por vezes basta um gesto, uma palavra, um olhar... de outra pessoa e o mundo renasce, o Sol desponta de novo e o nevoeiro dissipa-se...

Embora ninguém o diga considero o Carlos Tê um dos grandes poetas do nosso tempo.

E o Rui Veloso um dos maiores compositores também - juntos são uma dupla imbatível, inesgotável.

Havias de ouvir o Jura cantado pela Lara Li... é lindo! Um dia destes vou postar algo sobre eles, e ponho a versão cantada por ela que quase ninguém conhece!!!

Beijokas! Até...

Luís disse...

Perdi todos os meus favoritos entretanto. Fui recuperado mas ainda não tinha chegado às estrelas
É...coincidências!

 

(c)2009 Estrelices. Based in Wordpress by wpthemesfree Created by Templates for Blogger