22 de julho de 2009

"Qué qué feito da doce Cristina?!"

A pergunta é do Sadeek. A resposta é simples, meu caro: a Cristina só tem sido doce, querida e ternurenta, em média, uma vez por mês, quando está longe do jornal, da cidade, da família e das tragédias diárias.

A doce Cristina anda numa pilha de nervos desde segunda-feira. Todos os dias têm sido acidentes, mortos em catadupa, feridos a perder de vista. A doce Cristina tem-se entregue a uma choradeira diária, porque não tem estômago suficiente para aguentar as más notícias. A doce Cristina escreve notícias de tragédias como se escrevesse uma crónica de futebol, mas, no fim, quando chega a casa, a tua doce Cristina chora durante meia-hora, sozinha.

Preciso de ouvir boas notícias. Preciso de saber que há pessoas prestes a casar. Preciso de conhecer pessoas que ganharam a lotaria e mulheres que descobriram que estão grávidas. Preciso de ver o sorriso feliz de alguém que ganhou alguma coisa com mérito, esforço e dedicação. Preciso de saber, sei lá, por exemplo que a tua baixinha aprendeu a falar, já tem uns quantos dentes ou que o Sadeek-júnior tem uma namorada. Preciso de boas notícias, porque as más estão a acabar-me com a alegria.

8 estrelinhas:

NI disse...

Uma boa notícia?

Lamento minha querida. Não tenho nenhuma desde o dia 11 de Março.

Beijo

trakina disse...

Olá Cristina, boas notícias, ter sentido hoje os pingos da chuva que me fizeram vir a correr ouvir a música Purple Rain, feliz por não me sentir infeliz por não ter casado mas viver em conjunto com o encantamento de todos os dias sentir que amadureci, feliz por não me sentir mal por ainda não ter tido feliz, feliz por ter finalmente limpo o meu carro, feliz por sentir que ainda tenho uma vida para viver. Feliz por não sentir necessidade de ligar a televisão. Feliz por continuar a usar jardineiras,por saber que faço sorrir quem me rodeia.
Pode parecer pouco, mas para mim é muito :)

sessaoexperimental disse...

uma vez por mês? isso é bués babe!! ;) olha o meu caso que so sou no natal :D eheheh

vá...um bj grande para ver se animas ;)

Abobrinha disse...

Dou-te três!

Encontrei uma amiga da Faculdade que não via há séculos com uma barriga com uma forma peculiar. Beijinho, beijinho e pergunto apontando para a barriguinha: o que é que tens aí? Responsta: três meninas!!!

Chega?

Metade de Meiolitro disse...

Boas notícias?

Então cá vai:

A gripe suína não é taaaão grave como se pensava no início.

O Verão foi de férias, mas os incêndios também.

A Luciana Abreu vende o exclusivo da sua relação amorosa por 25 mil euros, pode ser que ninguém compre.

Os Delfins vão acabar.

Ha ha ha ha!

Sadeek disse...

Cristina...eu não sou psicólogo mas não me parece que sejam as más notícias que andam a dar cabo de ti. Essas sempre existiram. Os noticiários vivem disso. Da desgraça alheia. Porque é disso que se fala durante tempos e tempos...

Chorar faz bem. Alivia, acho. Faz com que consigas manter a sanidade caso contrário ias encher tanto que ias rebentar.

Só para que saibas a baixinha nao mantém diálogo mas diz "PAPÁ" com um gosto que a mim me enche de orgulho. O "turra"...pois...seguindo a tradição familiar...vai namorando! Não precisa de muito para desatar a beijar tudo o que é gaja na boca. Mesmo. Diz que quem sai aos seus...talvez se confirme!

Contrapõe o mau da vida (que é muito) com o bom que isto também tem. Para voltar o sorriso. E afastar a lágrima!

BEIJO ENORME! ADORO-TE!!!

Maldonado disse...

Bem, andas com stress pós-traumático como os ex-combatentes do Ultramar! :-o
Infelizmente a vida não é composta só de coisas boas, por isso temos que ganhar serenidade para aguentarmos as más.
O que tu estás a precisar é de férias e duma boa ida ao Meco para relaxares e curtires o sol e a natureza... ;)

Cristina disse...

Querida Ni, também sei que não estás a mergulhar num oceano pleno de tranquilidade...

Trakina, há uns tempos aconselharam-me a atentar nos pequenos pormenores. Esforço-me e consigo estar feliz muitas vezes, mas há dias em que simplesmente não consigo.

Calvin, babe babe... estás a mentir. Não és fã do Natal. És feliz nos teus anos e porque porque...

Abobrinha, trigémeas?? WOW... lindoooooo!!!

Metade, a cena da Luciana (Luciana quem?) não é feliz, é ridícula. Não haver época activa de incêndios - isso sim é bom!

Sadeek, só tu mesmo... um obrigada daqueles de coração.

Maldonado, pelo menos não me queixo do preço das roupas de 'riffes' ou dos sapatos. Férias, praia, sol e natureza... parece-me tudo muito bem.

Beijinhos a todos! E obrigada pelo ânimo!

 

(c)2009 Estrelices. Based in Wordpress by wpthemesfree Created by Templates for Blogger