26 de julho de 2009

Momentos de jornalismo no seu estado mais puro II

Na sexta-feira, fui destacada por um dos directores - um daqueles que estão no topo do cadeia alimentar - para ir a Pombal, fazer a cobertura da inauguração oficial da festa do concelho.

Um pouco a contra-gosto (confesso!), fui. Aquilo estava marcado para as 18h00, mas esta cabeça de andorinha nem se deu ao trabalho de confirmar o local. Às 17h30, saio do jornal, com uma das estagiárias, que ficou encarregue das fotografias. Trinta minutos depois estava em Pombal e no local onde, presumi que fosse o acontecimento. Conclusão: não era.

Novas indicações e lá se mete a Cristina outra vez no carro, em direcção à Câmara Municipal. Por esta altura, já bufava, porque o relógio marcava 18h05. Chegadas à entrada do edifício da câmara, larguei a moça e fui estacionar. Ticketzinho na mão e lá vai a Cristina a correr, porque entretanto já se ouvia o discurso do senhor presidente.

Entro na câmara a correr, subo as escadas em passo de corrida e fui travada EM QUEDA LIVRE por uma passadeira. Só o chão me parou. Cinquenta pares de olhos olham para mim, mais encarnada que as camisolas do Benfica.

No final da parte protocolar da coisa, vejo o Governador Civil a dirigir-se a mim. "Ó minha cara, quando a vi cair, só tive vontade de me levantar para a ir ajudar", disse o senhor, enquanto dizia a toda a gente, com um tom de voz suficientemente alto para todo o concelho de Pombal ouvir: "Esta foi a menina que fez uma entrada em grande na câmara".

Escusado será dizer que apanhei a maior vergonha da minha vida. Cheguei a dizer ao doutor que estava a pensar em mudar de distrito só por causa dele. Resposta dele enquanto me oferecia um vinhinho para provar: "Não faça isso. O senhor governador gosta muito de si".

E isto foi mais um momento de jornalismo no seu estado mais puro.

8 estrelinhas:

NI disse...

Pois eu não conto a maior vergonha que passei quando andava nas mesmas andanças.

Só posso adiantar que tem a ver com o som de um trombone, ahahahahahah

Sadeek disse...

"O Senhor Governador gosta muito de si"?! Ui...um caso "Mónica Lewinsky" em potência? Acusa-o já de assédio e tens a vida feita, ó jeitosa!!! :D

BEIJOOOOOOOOOOOOS

Cristina disse...

Ni, já tenho apanhado vergonhaças de caixão à cova, mas esta foi, de longe, a mais vergonhosa nos meus 26 anos de vida :D
Trombone??? Fiquei curiosa :)

Sadeek, não sejas mauzinho. Por acaso, o Governador Civil de Leiria é impecável e eu também gosto muito dele. É daquelas pessoas de quem se gosta logo :)

Beijoooosss

sessaoexperimental disse...

ahahahah....vocês estão sempre em grande nesses eventos :P

Sadeek disse...

pronto pronto...foi só uma ideia...AHAHAHHA

Miguel F. Carvalho disse...

ai o senhor governador... quando a viu caidinha por ele... ah ah ah

é assim mesmo!!! entradas em grande é o que se pede!!!

Cristina disse...

Calvin, digamos que tenho queda para a coisa, babe :P

Sadeek, heheheh... dava-me jeito ter umas consultas à borlix, quando ele voltar a ser médico, depois de deixar o cargo de Governador :)

Miguel, por ele e por metade da torcida do Flamengo... não tens noção do número de pessoas que me viu a fazer aquela figurinha de artista de circo :))

Beijoooss

M disse...

Questão que se impõe... Alguém filmou isso? ;) :P

 

(c)2009 Estrelices. Based in Wordpress by wpthemesfree Created by Templates for Blogger