2 de junho de 2009

Will you miss me?

Às vezes, em dias em que a tolice me afecta com mais intensidade, penso: quem sentiria a minha falta se desaparecesse? Além da (óbvia) família, tento enumerar uma mão cheia e... não consigo sequer perfazer ums triste lista de cinco pessoas.

Isto ocorreu-me quando ouvia a notícia do Airbus, alegadamente, desaparecido. Era divulgado que os passageiros enviaram sms's a à família a despedir-se quando sentiram o avião em perigo. Esse "despedir-se" final... mesmo que estivessem de mal com A, B ou C, enviaram uma mensagem a dizer que os amavam.

Estes três posts de hoje foram todos programados. Nos próximos dias, não vou escrever ou agendar posts. Não me apetece. Talvez não seja justo para as pessoas que chegam aqui pela primeira vez, mas vou tirar uns dias de férias do blog... três dias, uma semana ou 15 dias... volto quando me apetecer; afinal de contas, o 'Estrelices' é meu. 

15 estrelinhas:

Metade de Meio Litro disse...

Epá é que até já estou a sentir a falta de novos posts no blog...

Sei que nem sempre comento, até porque, como nem te conheço pessoalmente, não tenho conhecimento de causa de algumas matérias e como tal não gosto de me " esticar prás pontas", mas visitar isso visito sempre...

Cá estarei a aguardar o regresso.

Até lá!

Abobrinha disse...

E achas 5 pessoas pouco? Eu não acho! Não sei se teria mais que isso.

E eu sentiria a tua falta.

Boas férias, que estou também mais ou menos de férias (de posts em condições) do meu blogue também (para interromper em princípio amanhã).

NI disse...

A questão que colocas já eu coloquei imensas vezes a mim própria e, sinceramente, não gostei da conclusão a que cheguei.

Quanto à pausa, tens razão. O blogue é teu. Nós esperamos.

Beijo

B. Zombie [Vanessa] disse...

pois, agora deixaste-me a pensar...

Silence disse...

Podia ficar aqui a escrever linhas e linhas, mas acho que não precisas disso e poupo-te a leres um testamento :P

5 Pessoas é muito, é claro q se desaparecesses ia toda a gente ficar sobressaltada (estou a falar se fosse eu)

Quanto a história do avião, acho tudo ainda mto estranho!

Ah já agora, tenta que quando fores para a cama, nao pensar em nada dos teus problemas ou do trabalho, isso por vezes leva a acontecer o que te acontece...tenta relaxar :)

Beijinho do Ti!

(desculpa o testamento que acabou por o ser lol)

sessaoexperimental disse...

eu sentiria a tua falta :)

É normal não serem muitos os que nos são chegados...com os anos são cada vez menos...mas acredita...não podiam ser melhores ;)

Cristina disse...

Metade, simplesmente, obrigada.

Abobrinha, sentirias a minha falta? Por pouco tempo, até me 'fechares' num cantinho da tua memória. Eu volto.

Ni, como já disse volto. Não gosto muito de pensar nisto, mas as tragédias tendem a despertar sentimentos estranhos em mim.

Vanessa, não percas tempo a pensar nisto. Ainda és nova. Aproveita apenas.

Silence, obrigada. O "problema" é que já tive uma experiência muito próxima de estar na eminência de perder a pessoa que me está mais próxima... e lidar com este género de 'desaparecimentos' nunca foi o meu forte.

Beijinhos

Cristina disse...

Calvin, babe... :) infelizmente, é assim a vida; e desconfio um bocado das pessoas que apregoam ter mil e um amigos... beijinho!

Maryposa disse...

e pronto, assim nos vais mostrando que efectivamente sentimos a tua falta :D

vê lá e não de te desapareças pela ilha Fernando Noronha que eu, pelo menos eu, não quero.

Abobrinha disse...

Cristina

É claro que ao fim de um tempo te arrumava num cantinho da minha memória. E o mais rapidamente possível, para que pudesse continuar a viver. E ir-te-ia buscar só de vez em quando. Foi assim que fiz com pessoas que me são muito próximas, numa altura da minha vida em que tive perdas sucessivas (foi mesmo uma altura complicada) porque de outro modo vivemos os mortos e isso não pode ser porque nos mata um pouco. E viver já é suficientemente complicado.

... mas porque é que te deu para pensar nestas coisas? Preocupa-te com o bom tempo, mulher!

Sadeek disse...

Eu ...mesmo desaparecido.....sentiria com toda a certeza. E espero que esteja lá metido nessa lista de 5 pessoas...

BEIJOOOOOOOOOOOOOOOOOS

paulo disse...

oi Cris :))

A ilha (rui veloso)

Fiz-me ao mar com lua cheia
A esse mar de ruas e cafés
Com vagas de olhos a rolar
Que nem me viam no convés
Tao cegas no seu vogar

E assim fui na moncao
Perdido na imensidao
Deparei com uma ilha
Uma pequena maravilha

Meio submersa
Resistindo à toada
Deu-me dois dedos de conversa
Ja cheia de andar calada

Tinha um olhar acanhado
E uma blusa azul-grena
Com o botao desapertado
E por dentro tao ousado
Um peito sem soutien

Ancoramos num rochedo
Sacudimos o sal e o medo
Falamos de musica e cinema
Lia fernando pessoa
E às vezes também fazia um poema

E no cabelo vi-lhe conchas
E na boca uma pérola a brilhar
Despiu o olhar de defesa
Pos-me o mapa sobre a mesa

Deu-me conta dessas ilhas
Arquipélagos ao luar
Com os areais estendidos
Contra a cegueira do mar
Esperando veleiros perdidos

http://www.youtube.com/watch?v=-FwVh8r_vUY

beijinhos amiga

Tulipa disse...

É uma questão que nos deixa a pensar a todos... mas num blogue com tantos seguidores, de certeza que o teu lugar está por aqui entre nós. Iamos sentir falta das tuas palavras, até das férias de blogue que decides tirar. Apesar de não te conhecer, se te dá algum conforto... multiplica essas 5 pessoas por um nº maior. Há pessoas que te rodeiam e pensam em ti mais do que pensas, com toda a certeza. Pensa no percurso que já fizeste e onde chegaste, com todas as pessoas que te acompanharam pelo caminho. Todas elas têm recordações tuas :)
Olha eu, sou uma estranha, no entanto, não pude deixar de te enviar algumas palavras. Não te preocupes, há dias assim... quando voltares revigorada para este teu público, verás que esses 5 representam na realidade muito mais pessoas. Sorri, olha á volta e vê bem quantos deixaste escapar ;)
Boas "férias"! ;)

Hannah disse...

Eu já pensei quem iria ao meu enterro se morresse dentro de 2 anos... sim, porque desde miúda que digo à minha mãe que não chego aos 30...
São pensamentos soltos que uma boa parte do pessoal já teve (não digo de morrer aos 30, mas sim de quem sentiria verdadeiramente a nossa falta caso fossemos desta para melhor)...
Eu sentiria a tua falta...

Minha linda, em relação aos post's, as saudades também serão sentidas, mas fazes bem em fazer uma pausa... todos nós precisamos de vez em quando...

Bjinhos

sabine disse...

Já não te vejo há muito tempo, mas a resposta é sim. Sem dúvida!
Já agora: gosto da nova cara deste blogue!

 

(c)2009 Estrelices. Based in Wordpress by wpthemesfree Created by Templates for Blogger