6 de setembro de 2008

Como uma menininha

Tenho uma tia, viúva, que vive em Lisboa. É a tia que mais adoro no mundo. Chamo-a de "avó", tal é o amor que sinto por ela. Já não é nova... se não tem 80 anos, pouco falta para lá chegar.

Hoje, telefonou-me. E rimo-nos como duas adolescentes, porque... imagine-se: arranjou um namorado. Namora há 2 meses com um senhor da idade dela, também viúvo, e disse-me ainda que já falam em ir viver juntos.

"Ó filha, uns beijinhos nunca fizeram mal a ninguém e sabem melhor do que pastéis de Belém!", disse-me ela, entre duas gargalhadas. E como adoro vê-la assim tão feliz.

A minha tiazinha tem um namorado! Até a médica dela aplaudiu a ideia.

15 estrelinhas:

sessaoexperimental disse...

Lindo!!!!!!!

Acho muito bem...não há idade para se andar aos bjinhos ;)

e por falar nisso...bjocas babe :D

NI disse...

Minha querida amiga,

acabei de chegar do cinema. Fui ver o mama mia e cheguei à conclusão que nunca é tarde para voltar a amar.

Grande mulher a tua avó.

:-)

Bjs

Lua disse...

É aqui que encaixa perfeitamente a frase "o amor não escolhe idades"... E que bonito ver que pessoas que já viveram tanto ainda acreditam no amor e investem em si e no outro como se o amanhã estivesse bem longe...:)

Beijinho*

Cristina disse...

Calvin, aparentemente não. E diz ela que se sente melhor :D

Ni, uma mulher de enorme coragem e força. Merece ser muito feliz... mesmo depois dos 80 :)

Lua, é isso mesmo. E pegando na parte em que dizes "pessoas que já viveram tanto"... é essa a razão pela qual me admirei quando ela me contou o namoro. :)

Beijoooooossss

Hannah disse...

Levantei-me da cadeira e aplaudi!!!

Ah Valente, assim é que é!!
Fico feliz pela tua Tia.
O AMOR é o motor das nossas vidas, não haja dúvida ;)

Bjinhoss e boa semana

Bombocaa disse...

Ai Cristina...até a tua tia tem um namoradoooooooo

eheheheh

Speeder_76 disse...

Ay caramba! Tiro o chapéu à tua tia. Quem me dera chegar aos 80 e continuar a dar umas cambalhotas... LOL! Para velhada à espera de morrer, já tenho a minha avó...

Miguel F. Carvalho disse...

mas não te sintas pressionada Cristina!!! lol lol lol

Manuel disse...

Que sooortee! isso é que é saber aproveitar da vida independentemente da idade que se tenha! :D Que esírito. Fantástico!

beijooo

Paulo disse...

quer pessoa aplaudiria! afinal, a felicidade também não tem idade (nem prazo nem hora)!

abraço

ohwir disse...

Confere, essa dos pasteis de belém, e eu diria até mais, é melhor do que pasteis de nata do Sr. Sebastião ;)

Cristina disse...

Hannah, agora acredito mesmo que sim. Quem diz que há uma idade para tudo?! :D

Bombocaa, eu sei... HAHAHAHA :)

Speeder, ela é um espectáculooooo :)

Miguel, só me sentiria se ela dissesse que estava grávida... mas desconfio que isso vai acontecer :D

Manuel, sorte para ela; "azar" para mim, porque sempre que me liga, pergunta quando é que apresento um sobrinho novo :D

Paulo, e ela está imensamente feliz. E isso é o mais importante! :)

ohwir, isso dos pastéis do Sr. Sebastião parece-me apelativo... é que adorooooo pastéis de nata! :D

Beijooooosssss

mik@ disse...

tb quero ....

fico mt contente por ela :) toda gente merece alguém ainda mais nessa idade.

ohwir disse...

Pois, estás a ver os de Belém? Pois são bem melhores, têm a massa mais quebradissa e menos crocante daquela que se derrete na boca. E o recheio é mais doce sem o sabor a xarope que têm os de Belém... Um must se alguma vez passares em Queluz.

Cristina disse...

Mik@, é mesmo! (até nós merecíamos... LOL)

Ohwir, hummmm... parecem-me muito bem. Queluz, disseste tu?! (*Cristina aponta na agenda mental*)

Beijooooossss

 

(c)2009 Estrelices. Based in Wordpress by wpthemesfree Created by Templates for Blogger