1 de novembro de 2009

Gran Canária ou o Pequeno Continente

Dois hotéis de cinco estrelas. Uma semana de mordomias. Um relações públicas alemão gay. Um concierge espanhol com instinto paternalista. Uma suite quatro vezes maior que o quarto que habito. Vista para o mar. Vista para a piscina. Uma flute de champanhe como boas-vindas. Um chocolatinho na mesa de cabeceira. Uma cesta de frutas, com uma nota de boas-vindas personalizada. Um passeio em alto mar para ver golfinhos. Uma águia americana que quase me arrancou a cabeça. Temperaturas superiores a 25 graus. Uma vista para um resort de luxo. Um mergulho na piscina com água a 28 graus. Pequenos-almoço fantásticos. Uma música dedicada por um trio espanhol que animava a noite no hotel. Um guia que nos tratava por "muchachos". Um motorista que odeia espanhóis. Uma aldeia com 50 habitantes, incrustrada na parede de uma montanha. E dunas.

Passeios intensos por Las Palmas. E Teror. E Maspalomas. E Puerto Mógan. E Tejeda. E Bandama. E Valleseco. E Fataga. E Arucas. E Doramas. E por muitos outros locais.

O melhor mesmo é parar por aqui. Desde o dia 21 que fui tratada como uma verdadeira princesa. E é assim mesmo que me sinto.

Catedral de Las Palmas


Localidade de Teror


Vista do meu quarto no Hotel Seaside Hotel Palm Beach, em Maspalomas

4 estrelinhas:

NI disse...

Esqueceste-te de mencionar o mergulho nocturno e a passagem de modelos em fato de banho pela restaurante fora, ahahahahahah

Beijo

Speeder_76 disse...

Parabéns! Fiquei com inveja dessas tuas férias nas Canárias. Ainda bem que as aproveitaste. Beijinhos!

pinxexa disse...

E eu que não tive a oportunidade de te dar um beijinho de boa viagem e prazer em conhecer-te, Linda!
Bom regresso!
beijoca

LadyHawk disse...

Ai que saudades... não podemos voltar para la?!
Beijinhos grandes

 

(c)2009 Estrelices. Based in Wordpress by wpthemesfree Created by Templates for Blogger