5 de agosto de 2009

Quando, em casa, levam com pior de mim

Estava razoavelmente bem-disposta: tinha chegado cedo, o fecho do jornal até tinha corrido bem e sem dramas, até que chego a casa.

O meu irmão estava no MEU quarto, a usar o MEU computador, como se aquilo fosse o da Joana... diplomaticamente, "expulsa-me" do MEU espaço. Vou para a sala. Estava lá a minha mãe. A televisão estava num volume considerável. Entretanto, o meu irmão começa a chatear-me, por causa de uma merda de há 3 meses.

O sangue ferve, mas calo-me. Ele sai da sala.

Passado cinco minutos, volta à carga. Não aguentei e berrei com ele.

Voltei para a sala. A minha mãe começa, entre dentes, a dizer que estou mal-disposta. Grito também com ela. "ESTAVA bem-disposta até aqui chegar e vocês começarem a chatear-me". Ela fica furiosa e já não me fala.

É tão bom chegar a casa!

4 estrelinhas:

NI disse...

Olha querida, a minha parece um mausoléu. A minha cara metade não me fala, as filhas estão para fora. Ao menos não há discussões...

:-)

Beijo

sessaoexperimental disse...

home sweet home....

M disse...

Às x era tão bom conseguirmo-nos calar, não era? Também ainda n descobri como é que isso se faz...

M disse...

Às x era tão bom conseguirmo-nos calar, não era? Também ainda n descobri como é que isso se faz...

 

(c)2009 Estrelices. Based in Wordpress by wpthemesfree Created by Templates for Blogger