3 de abril de 2008

Anda por aí malta com muito tempo livre...

Anda aqui uma pessoa com dois empregos, uma pós-graduação e um blog para pensar e depara-se com a quantidade maluca de gente com demasiadas horas livres. Como cheguei a essa conclusão? Através da ferramenta (abençoada!) do Sitemeter que permite ver como é que as pessoas chegam ao meu blog, pelas buscas nos motores de busca. Já fiz isto... julgo que... duas vezes. Mas isto é tão giro que não me canso.

Vejamos:

Mensagens para um namorado que é jornalista - urge perguntar: quem é que namora com jornalistas? Isso é, já por si, prova de insanidade. Mas casava com o homem que me dissesse isto: "Amor, és a manchete da minha vida, o lead de todos os dias... sê a editora-chefe da minha redacção!"

Mensagens carinhosas e humorísticas ao mesmo tempo
- nem sei como comentar isto... palavra que não sei! Vou experimentar: "Gosto totil de ti... hahahaha!!!". Serve?!

Lalalala - sem comentários. A sério... nem me vou dar ao trabalho! Julguem por vocês mesmos.

Primeiro namorado com quantos anos - tive o meu primeiro namorado com 13 anos. É uma idade gira: 13 anos. Aiiii, se eu tivesse 13 anos e soubesse o que sei hoje.

Voltei a namorar com o meu primeiro namorado - fixe! Diz-se que não há amor como o primeiro. Diz-se.

Vasco Quadros - palavra de honra, Vasquinho. Chegaram ao meu blog através do teu nome. Tens fãs e não me dizias nada?! Malandro... Para quem não sabe, o Vasco Quadros é um dos meus colegas de pós-graduação.

TVI emprego em Angola
- se souberem de alguma coisa, avisem-me. A sério. Está ali ao lado o mail. É só deixar os contactos.

21 estrelinhas:

Hannah disse...

Só para te deixar um big abraço e bjinho.

:D

Sadeek disse...

Olha Cristina...medo...M-E-D-O!!!!
Lalalala?!?! ARGHHHHHH.....

Mas de tudo...realmente o que me marcou foi..."se eu tivesse 13 e soubesse o que sei hoje"...e depois ainda me vem falar nas escovas de dentes...bahhhhhhhhhh

BEIJOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOS

NI disse...

Cristina, gabo-te o trabalho.

Nem imaginas o que aparece no meu...

Beijos

Anónimo disse...

Olá minha querida...
Bem, até eu fiquei de boca aberta... Como terá tamanha irrealidade ter acontecido... Bem, há malucos para tudo...
Beijos.
VQ.

mtheman disse...

lalalala tá no top sem dúvidas :)

Cristina disse...

Hannah... outro enormeeeeee! :)

Sadeek... hahahaha... nem mais! Há escovas de dentes muito sabichonas por aí! É vê-las a venderem-se nos supermercados... :D

Ni... algo me diz que o melhor é nem querer saber! :)

Vasquinho... até eu fiquei pasma. Quem serão estas tuas fãs? Conta lá... :)

Mtheman... lalalala é fantástico!! :)

angela disse...

"quem é que namora com jornalistas? Isso é, já por si, prova de insanidade."
O que queres dizer com isso?
Gaja, se és minha amiga e me queres alertar de alguma coisa, diz!! :P

Quanto ao resto, o "casava se...", imagina o que é que um jornalista me disse? ;)

Beijocas p ti e p todos aí em casa ***

Cristina disse...

Ângela, é, apenas e tão somente, um aviso à navegação. Não vá uma pessoa séria, de boas famílias e com um histórico clínico aceitável, pensar em namorar... avec moi! ;)

O que é que o jornalista te disse?? Se eu dissesse o que jornalistas já me disseram... uiiii!

Ângela disse...

"Amor, és a manchete da minha vida, o lead de todos os dias... sê a editora-chefe da minha redacção!"

Foi o que ele, o jornalista, me disse... sabido, não? :P

Cristina disse...

Mau porra, mas ele lê o meu blog?? É que inventei isso ontem, antes de ir para as aulas... :S

Sou assim tão lida e não sabia?

Ângela disse...

Se lê!!! Mas acho que não faz buscas esquisitas pelo Google ;)

Olha minha cara, foi muito bem inventada!! :D

Cristina disse...

Ai, a minha vida... um jornalista que lê, se bem percebi, regularmente, este blog. Agora é que a minha carreira se foi... :S

Quem é ele? Quem é? Eu conheço?

Ângela disse...

Pergunta à PJ :D

Cristina disse...

O calor tolda-me... esquece lá!! :D

E, de antemão, peço desculpa ao jornalista, porque efectivamente... sou uma senhora nódoa!!

Modéstia à parte, estive muito bem nesta frase de engate para jornalistas, não estive?!

Ângela disse...

;)

Muito bem mesmo!

Manuel disse...

De partir o côco a rir! ahah!

Beijão

Cristina disse...

Ângela... :)

Manuel... isto é uma selecção. Nem imaginas o pagode que é, todos os dias quando leio as pesquisas que são feitas. :)

Beijooooosssss

Nuno disse...

Que mal é que tem em se namorar com um(a) jornalista?

SunGod disse...

nuno... se tu soubesses... ui!!!

o melhor mesmo, neste caso, é nem saberes, quanto mais tentares :P

eu acho que a tal prova de insanidade não lhe faz juz... mas que há que ter uma paciência... ai isso há... mtas vezes não tão bem reconhecida como gostariamos de ser... mas pronto, o amor é cego!!! é que é mesmo :P

Cristina disse...

Nuno... faço minhas as palavras do Sungod: o melhor é não quereres saber. Só muito pouco conseguem ter jogo de cintura suficiente para aguentar um/a namorado/a jornalista.

SunGod disse...

chama-lhe cintura... eu chamaria mais jogo de nervos... é que é preciso ter nervos de aço, mas daquele aço bem forte, e, de preferência, inox, para o caso da namorada(o) jornalista for daquelas que fazem das carpideiras profissionais parecerem umas meninas amadoras... mas enfim... coisas da vida! um dia vivemos assim, depois mudamos... e como para mudar só para melhor... !!!

p.s. para os meninos e meninas que não sabem o que é uma carpideira fiquem V.Ex.as a saber que tal subjectivo designa(va) as senhoras contratadas para chorar nos funerais de quem não tinha ninguém que chorasse por eles... fosses os mortos pessoas detestáveis ou bandidos ou outros que tais... Hããã... olha a dose de cultura a esta hora :P

 

(c)2009 Estrelices. Based in Wordpress by wpthemesfree Created by Templates for Blogger