27 de dezembro de 2010

Ano zero

Encarei 2010 como o "ano zero" da minha vida. Curiosamente, o último algarismo de 2-0-1-0 é um "zero", logo ajudar-me-á no futuro quando deixar de me lembrar das pequenas divagações que aqui vou debitando.

Dizia: encarei 2010 como o ano zero. O ano dos recomeços. E é sempre interessante, moroso, fatigante, apaixonante e difícil recomeçar.

E como no fim de cada ano, cabem sempre as (auto) avaliações aos 365 dias que estão para trás, a minha é esta.

Vi 2010 como o ano de todas as esperanças. 2010 possibilitou-me fazer coisas, aceitar desafios que os anos anteriores não me tinham deixado. Foi um bom ano. Uma bela colheita.

Posto isto e já que faltam pouco mais de 12 horas e 50 minutos para terminar este ano, desejo-vos a todos um Feliz 2011, com muitas coisas boas e mais uns 360 e tal dias de boas resoluções.Até lá.

2 estrelinhas:

Maldonado disse...

Um óptimo 2011 com tudo de bom para ti!

NI disse...

E 2011 será o ano de reforçar os passos que deste.

Beijos

 

(c)2009 Estrelices. Based in Wordpress by wpthemesfree Created by Templates for Blogger