22 de abril de 2010

Com banho ou sem banho

Há algum tempo que tenho em mente escrever um livro. Não é uma ideia nova. Continuo, contudo, a achar que ainda não atingi um certo nível intelectual para me lançar na escrita. Prefiro pensar que quando atingir a maturidade certa, essa inspiração surgirá naturalmente.

Ultimamente, a tendência tem sido para livros infantis. Porque gosto das cores, da ternura, do carinho que um livro infantil transmite. Porque acho que a minha maneira de ser de adequa mais a uma publicação em que todos terminam felizes para sempre.

E porque encontrei - numa caixa de cartão - o meu livro favorito de quando era criança. Mantém as mesmas cores, os meus traços, continua colorido e a chamar à leitura. Tem 12 páginas, sendo que a primeira é a capa, e continua lindo como no primeiro dia.

6 estrelinhas:

Sadeek disse...

Evita é cenas de lobos a comerem meninas e avós e coiso...que isso tem muito pouco de infantil, tá? :D

Sadeek disse...

Pelo amor da santa...a Margarida Rebelo Pinto vende como pães quentes neste nosso país...e tu vens-me falar em maturidade?! Força nisso senhora... ;)

BEIJOOOOOOOOOO

Cristina disse...

Heheheh... registado.

Speeder_76 disse...

Desejo-te sorte. Não é fácil, pois eu já me iniciei nessas lides no inicio do ano. Encontrei uma editora, publiquei e agora estou a tentar vender alguns exemplares. Não é fácil, mas vai-se tentando...

E tenho planos para mais publicar mais três! Vou escrevendo, mas não é fácil, como podes imaginar.

Anónimo disse...

Que certo nível intelectual?
Precisa apenas de; gostar de escrever e imaginação.
Eu tenho a quarta classe, escrevi um bonito romance, que foi publicado; à volta de umas quatrocentas páginas, e estou a acabar outra que, tenho por imposição da editora, acabá-lo este mês.
Se esperar por aquilo que com certeza não carece, nunca vai fazê-lo.
Boa sorte e espero lê-la em breve.

Micael Sousa disse...

Percebo-te perfeitamente quando afirmas e declaras as tuas dúvidas quanto à capacidade intelectual para escrever ou não um livro.
Admito que o mesmo me passou pelo pensamento.
Com tantos livros que são editados, sendo que alguns deles são bastante fracos, porque não tentar?
Nada como tentar, mas eu pessoalmente continuo com os meus receios pois não quero ser só mais um a primar pela mediocridade.
Penso que és sábia em teres os teus receios, mas, pelo que vi do teu blogue, tens potencial e a capacidade para levar a cabo com sucesso essa tarefa!

 

(c)2009 Estrelices. Based in Wordpress by wpthemesfree Created by Templates for Blogger