20 de março de 2007

(Quase) 365 dias depois (editado a 22-03-2007)

O "Estrelices" nasceu há um aninho... como sempre afirmei, nasceu com o propósito de me fazer descomprimir um pouco mais, de me "obrigar" a escrever e de desabafar com o mundo...



Ao longo deste ano, já postei textos que me levaram às lágrimas e outros que me fizeram rir, casos reais e outros que nem tanto. Ao longo deste ano, conheci pessoas que, gentilmente, perderam tempo a ler os devaneios de uma estrelita, às vezes, perdida no meio de neuras. Obrigada a todos vós!


Agora: para o "Estrelices" não vai nada nada nada... TUDOOOO!!


Desafiada pela Veritas, vou fazer uma pequena exposição sobre este meu cantinho. Desenganem-se aqueles que eventualmente possam pensar que existem motivos nobres por detrás do nascimento do “Estrelices”.

Quando me decidi a escrever, atravessava um período meio neurótico. Nada de grave, acalmem-se. Decidi que um blog seria a melhor forma de exorcizar os fantasminhas que me assolavam o espírito. Decidi, igualmente, não fazer publicidade ao blog… as pessoas que eu conheço (e que me conhecem) não seriam compelidas a ouvir diariamente pedidos como “já foste comentar ao meu blog?”. Não… seria um blog de mim para mim. Um diário secreto publicado. Assim, nasceu o “Estrelices”… a versão escrita (e cibernética) da sua dona, cujo nickname usado na maior parte das vezes é “Happy_Star”. Confesso que me esquecia que tinha este blog… era apenas mais um no mundo. Escrevia pouco e o feedback também não era muito. Até que houve um momento de viragem: o registo da minha primeira centena de visitantes. Afinal… não escrevia só para mim! Houve um interruptor dentro de mim que se ligou e pensei que, efectivamente, teria algo para dizer a quem me visitava… seria de uma extrema falta de educação desiludir as pessoas que, por acaso ou não, abriam a página do “Estrelices”.

Passo muito tempo sem escrever… mas quando escrevo, faço-o de forma aberta… dou-me a cada linha. Sem dar pela passagem do tempo, cheguei ao primeiro aniversário do blog… tenho alguns leitores fiéis, tenho amigos que conheci através dele e que partilham da paixão que tenho pela escrita. Certamente, nunca serei famosa pelos meus rabiscos (mesmo que no ecrã do computador), mas fico feliz por saber que há pessoas neste mundo que gostam do pouco que faço. E daqui a um ano cá estarei novamente a dar contas sobre o segundo aniversário.

9 estrelinhas:

Alexandre disse...

Uau, vou ser o primeiro a dar os PARABÉNS!!!! Yes!!!

Super parabéns!!!! Que muitas Estrelices continuem a brilhar por muitos e muitos anos!!!

Beijinhos!!!

veritas disse...

Olá cristina!

Parabéns! E que seja para continuar sempre. É bom saber que desse lado existem seres humanos como tu!

Bjs.

veritas disse...

Já agora...Posso lançar-te o desafio a que respondi no meu blog? Queres revelar mais um pouco acerca do teu espaço?

Bjs.

Conceição Bernardino disse...

Olá,
Espero que me desculpe forma como faço os meus comentários, mas é pura e verdadeira...
Para mim não chega, dizer está bonito ou lindo – por isso gosto de deixar pensamentos frases de outros autores como presente da minha gratidão e do meu encanto do que leio, do que observo nas imagens e na escrita.
É a minha maneira de ser...
A critica faço-as, da forma como somos tratados pelo Estado que ignora os problemas da nossa sociedade e como pouco ligam aos grandes talentos que encontro nos blogs.
Peço desculpa e se alguém não gostar da forma como faço os meus comentários agradecia que me dissessem pois tentarei melhorar.
Sou apenas uma amadora de escrita que escreve pela beleza de sentir na escrita as palavras que me vão na alma e penso que é essa a beleza que encontro naquilo que leio cada um escreve com a sua beleza.
Não quero com isto desrespeitar ninguém até porque as palavras lindas, bonito têm um grande significado no meu vocabulário.
Boa semana
Desculpem-me a repetição do post, mas julgo que nem todos entenderam...

Esta é a frase que vos deixo: se pudesses estar perto de mim talvez encontrasses a resposta porque te olho, porque choro sem te conhecer. Se um dia te encontrar entregarei o meu sorriso, é nele que escondo tudo aquilo que sinto só para te ver feliz.

Beijinhos
Conceição Bernardino
http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com

Luis disse...

Isto sim, é literatura. Lembras-te?!

E como te sentes agora passado um ano de descompressão?

Luis disse...

Eu nunca me esqueço de bons momentos.

Não gosto de conclusões, mas se é uma bela conclusão, acho muito bem. Belíssima seja. :)

Moinante disse...

Parabéns ... Com votos de continuação ...

Um bom fim de semana ...

Já está ao dispor XIV episódio de « Amar um " filho " , sem ser pai ... »

Danilo Mattos disse...

Cris, juro que não foi displicência, mas, mesmo assim, deixo aqui meus parabéns. E meu pedido de desculpas pelo meu, ainda que justificado, atraso. Beijos saudosos.

(1 aninho já? Nem parece. Anida lembro da minha primeira visita.)

Gwyneth disse...

Parabéns minha linda!

Pelo teu cantinho, pelas tuas palavras, pela tua companhia...

Bjinhos :)

 

(c)2009 Estrelices. Based in Wordpress by wpthemesfree Created by Templates for Blogger